Newton Drummond é o novo gerente executivo de futebol do Santos

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Não demorou muito para o presidente Andrés Rueda, definir junto com os seus pares do Comitê Gestor, o nome do profissional que chega para a vaga deixada por Edu Dracena, que pediu demissão após a eliminação do Santos para o Deportivo Táchira-VEN nas oitavas de final da Sul-Americana, nos pênaltis, em plena Vila Belmiro.
O Santos passa por um processo de reformulação, desde a eliminação para o Deportivo Táchira na Copa Sul-Americana.
há uma semana, Edu Dracena já havia se antecipado à diretoria e publicou um comunicado em suas redes sociais para anunciar que havia pedido demissão. Mais tarde, o clube soltou uma nota confirmando a saída do então executivo de futebol.
Além de Dracena, a lista de dispensas incluiu o técnico Fabián Bustos e sua comissão técnica, o gerente de futebol Guilherme Lipi e o assessor do gerente Arnaldo Hase.

Após receber um “Não” de alguns executivos consultados, a Diretoria do Santos anunciou em seu site oficial, o nome do novo Gerente Executivo de Futebol.
Trata-se de Newton Drummond, que trás consigo uma experiência construída ao longo de 18 anos de carreira como dirigente, e conquistou, ao todo, 15 títulos.
Entre eles, duas Libertadores (2006 e 2010), um Mundial de Clubes (2006) e uma Copa Sul-Americana (2008) – todos com o Colorado.

Drummond estava sem clube desde que deixou a função de Diretor Esportivo do Coritiba no final da temporada passada. O dirigente construiu boa parte de sua carreira no futebol da região Sul do país. Além do time paranaense, trabalhou na Chapecoense e no Internacional, clube no qual integrou a diretoria durante as conquistas da Libertadores, em 2006 e 2010, e do Mundial de Clubes da Fifa, em 2006.

A passagem pelo time gaúcho foi longa. Drummond  permaneceu lá de 2002 a 2011, antes de iniciar uma nova experiência no Vitória, encerrada em 2012. Voltou ao Internacional no ano seguinte, se despediu outra vez em 2014 e voltou em 2016, na reta final do Brasileirão que terminou em rebaixamento para o Inter. Então, passou por Vasco (2018), Chapecoense (2018/2019) e Coritiba (2021).

Com a chegada do novo Gerente Executivo, a tendência é que os outros cargos em aberto sejam ocupados em breve.
Agora, o foco do Peixe parte para a procura de um novo treinador.
Segundo o presidente Andres Rueda, o clube priorizava acerto com um novo executivo antes de ir atrás de um treinador para substituir Fábian Bustos.
Outro que já deixou a equipe Santista foi o meia-atacante Ricardo Goulart.
O jogador de 31 anos acertou sua rescisão com o Peixe após seis meses. Neste período, atuou em 30 partidas, marcou quatro gols e deu três assistências.

Acompanhe como foi o primeiro contato do novo Gerente de Futebol do Peixe com os Jogadores

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)
(Crédito: Imagem: SantosTV/Divulgação/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.