Falhas individuais comprometem o futebol do Santos

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Com os dois gols anulados pelo VAR (Video Assistant Referee), um sistema eletrônico de apoio à arbitragem, que tem por objetivo, ajudar o árbitro central no campo de jogo, a tomar decisão em lances considerados duvidosos, o Santos foi derrotado por 1 a 0 pelo Flamengo.

Embora o Santos tenha realmente sido prejudicado por seus gols anulados, a verdade é que os mesmos foram corretamente anulados!
O que preocupa na derrota frente ao Flamengo, é o fato de que novamente o gol adversário, se inicia em decorrência de falhas individuais.

Assim como já houvera sido na derrota para o Palmeiras, com uma bola mal passada no meio de campo pelo volante Jobson, desta vez contra o Flamengo foi o lateral esquerdo Felipe Jonatan, quem perde a bola no ataque Santista e propicia um contra-ataque mortal que resultou no gol do Flamengo!
Sem contar uma bola perdida também no ataque, quando o meia Pato Sanches tropeça na bola, cai de quatro no chão e arruma outro contra-ataque para o time Rubro-negro, que desperdiça a oportunidade.

Mesmo com a perda de três preciosos pontos, quase que uma obrigação para quem joga em casa, ainda mais em um Campeonato disputado por “Pontos Corridos” o técnico Cuca declarou em coletiva após a partida, que gostou do futebol apresentado pela equipe, que em sua ótica, apresentou evolução em relação as partidas anteriores!

“Jogamos buscando o gol do adversário. Jogadas construídas.
Temos coisas para melhorar, mas fomos bem.
Perdemos muito gol. É um jogo que se você faz 1 a 0, vai ter a chance de matar o jogo”

“O resultado pode ter escapado, mas a boa partida não escapa. O que fizemos no jogo não escapa. Nos dá um norte muito mais forte do que ganhar um jogo que não mereça. Isso falei para eles. Envolvemos o adversário, especialmente no primeiro tempo. Fomos penalizados com uma falha e acabamos tomando o gol da derrota”, concluiu o treinador.
Com a derrota sofrida na tarde de domingo, a terceira em seis jogos, o Santos ocupa agora a 10ª colocação do Campeonato Brasileiro, somando sete pontos ganhos.

Apesar da derrota, um jogador em especial teve um bom motivo para sair de campo, satisfeito!
Após ter de ficar mais de um mês parado devido a uma contusão que sofreu no joelho esquerdo, durante uma partida contra o Santo André ainda pelo Campeonato Paulista, o centroavante e típico camisa 9 Raniel, foi autor de um dos gols anulados do Santos e em sua primeira partida após ser liberado pelo DM do Santos, foi elogiado pelo treinador do Peixe!
“Foi bem. Fez o gol que foi anulado. Teve uma outra chance. A partida que ele fez, merecia ter feito um gol, participado de um gol. Foi uma pena”, disse Cuca.

O centroavante do Peixe, até aqui o que mostrou melhor desempenho dentre os que já foram testados, tem tudo para voltar a encher os olhos do professor Cuca, quando pela sétima rodada do Brasileirão 2020, o Alvinegro Praiano entra em campo às 21h30 desta quarta-feira, para enfrentar o Vasco da Gama em mais uma partida na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 X 1 FLAMENGO
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: Domingo, 30/08/2020
Horário: 16h00 horas (Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Cartões amarelos: Pará, Lucas Veríssimo, Ivonei, Soteldo e Jobson (Santos); Gerson, Gabigol, Bruno Henrique, Willian Arão, Isla e Renê (Flamengo)
GOL: FLAMENGO: Gabigol, aos 50min do primeiro tempo

FLAMENGO: Diego Alves (César), Renê (Isla), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia, Gérson (Willian Arão) e Arrascaeta; Michel, Gabigol (Diego) e Bruno Henrique (Éverton Ribeiro)
Técnico: Domènec Torrent

(Crédito: Imagem: Alexandre Vital/Flamengo)
(Crédito: Imagem: Santos TV)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.