Abduziram o futebol do Santos

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Posso estar enganado mas o que venho percebendo, é que aos poucos, o torcedor do Santos vai trocando uma expectativa positiva em relação ao que poderia acrescentar ao Santos, a vinda de um treinador Europeu, por uma decepção!
Acho até, que mais do que mera decepção, o torcedor vai começando a perder a paciência!

A verdade é que passadas seis rodadas do Campeonato Paulista 2020, o torcedor Santista anda frustrado, e preocupado com o futebol pequenininho pequenininho, que o Santos vem mostrando!
Futebol que em nada lembra, a equipe que humilhou o Campeão Brasileiro, lhe infligindo elásticos 4 x 0 fora o baile, em plena Vila Belmiro!
Parece até que um Objeto voador não identificado (OVNI), na calada da noite sobrevoou silenciosamente a Vila Belmiro, e abduziu o futebol do Alvinegro!

Jogando neste último domingo, contra a Ferroviária no Estádio da Fonte Luminosa em Araraquara, em partida válida pela sexta rodada do Paulistão 2020, o Santos voltou a jogar mal, foi completamente envolvido pelos donos da casa, mostrou-se mais uma vez um time apático, sem vontade, e que só não voltou para casa com uma derrota na bagagem, graças a boa atuação do Goleiro Everson, que realizou algumas intervenções milagrosas, que garantiram o 0x0 no placar, e um pontinho precioso na classificação, o que fez com que o Peixe alcançasse os 11 pontos mantendo uma tranquila vantagem na liderança do Grupo A

Na péssima partida que fez o Santos, algumas perguntas precisam ser feitas.
O Santos tem em sua categoria de Base, dois garotos que já nem são tão garotos assim, ambos canhotos e com uma habilidade na perna esquerda, fora do normal. Me refiro aos meias Anderson Ceará, e Lucas Lourenço! Diego Pituca, Jean Mota, e tantos outros, esses já conhecemos!
Por que é que o senhor Jesualdo Ferreira, não usa o campeonato Paulista, para testar esses garotos?

Pituca que me perdoe, mas ele jogava muito até conseguir fazer um bom contrato! Depois que assinou sua renovação e teve um reajuste salarial, parou de jogar bola!
Um meia que tem talento e qualidade técnica suficiente, para partir com a bola nos pés enfileirando seus oponentes até parar dentro do gol adversário, mas que preguiçosa e despretensiosamente, parece se contentar em tocar a bola de lado ou dar passes muitas vezes errados!
O Sanches parece aquelas pessoas que sofrem de pressão descompensada!
Uma hora está lá em cima, outra hora cá embaixo.
É uma no cravo, outra na ferradura! Em um jogo arrebenta, no outro some!

O Técnico, não consegue entender que o problema não são os atacantes!
Não adianta trocar os atacantes ou encher o time de atacantes, se no meio de campo não temos um meia de ligação, um camisa 10, que trabalhe a bola, abasteça os atacantes, e que seja o jogador que atue próximo aos homens de frente!
O Álisson que me desculpe quem gosta dele, mas pra mim não passa de um Mata Cobra!
Não é o jogador que o Santos precisa, e não tem condição nenhuma de ser o volante do time. Uma verdadeira “Heresia”, para uma camisa 5 que já vestiu craques como Zito e Clodoaldo!

Quanto aos centroavantes do Santos, já escrevi e repito:
Nesse esquema que o Santos joga, se dependessem de fazer gols pra viver, morreriam de fome!
O Sasha saiu puto da vida e reclamando com razão!
Foi sacado da partida, como se a falta de produtividade do ataque, fosse culpa dele! Se a bola não chega, ou só chega quadrada, que culpa ele tem?
O Santos de 2020, parece uma colcha de retalhos, um quarto de solteiro de tanta bagunça!
Os jogadores já sentiram que não há comando e o técnico é fraco!
Para piorar, o panorama que se desenha, é pra lá de preocupante!

Se o time que até agora, não convenceu e vem jogando um futebol terrível, tirando um clássico só pegou galinhas mortas, daqui pra frente tirando o ituano, será só pedreira uma atrás da outra!
Na próxima rodada, o Santos visitará o Ituano, dia 22 no sábado de carnaval, às 16h30.

Na sequência começam as pedreiras:
Dia 29 sábado, o Santos recebe na Vila, o Palmeiras às 16h00.
Dia 03 terça-feira, estreia na libertadores fora de casa contra o Defensa y Justicia na Argentina às 19h15.
Dia 07 sábado, enfrenta o Mirassol na Vila às 21h00.
Dia 10 terça-feira enfrenta o Delfín na Vila pela Libertadores às 19h15
Dia 14 sábado enfrenta o São Paulo no Morumbi às 19h00.
Dia 17 terça-feira enfrenta o Olímpia na Vila pela Libertadores às 21h30
Dia 21 sábado recebe o Santo André na Vila às 19h00

FICHA TÉCNICA
FERROVIÁRIA 0 X 0 SANTOS
Local: Estádio Fonte Luminosa, Araraquara (SP)
Data: 15 de fevereiro de 2020, domingo
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Carvalho da Silva
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Evandro de Melo Lima
Cartões amarelos: Luiz Felipe (SAN); Max (2), Lucas Mandes e Mazinho (FER)
Cartão vermelho: Max (FER)
FERROVIÁRIA: Saulo; Lucas Mendes, Max, Elton e Bruno Recife; Mazinho, Tony e Claudinho; Felipe Ferreira (Patrick), Henan (Yuri) e Hygor (Léo Artur) Técnico: Sérgio Soares

Escalação do 11 Santista
Coletiva pós jogo com o Técnico Jesualdo Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.