Diretoria cobra mais empenho e atitude de jogadores e Comissão Técnica

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O Santos volta a campo no próximo sábado, no estádio Novelli Jr, diante do Ituano, em Itu, às 16h30, pela 7ª rodada do Paulistão.
Mais uma vez o Técnico Jesualdo Ferreira, tem uma semana boa para trabalhar o elenco, tanto no aspecto físico como técnico.
Porém, outro aspecto que neste momento, talvez seja o mais importante a ser trabalhado, é o aspecto emocional.

Após o empate sem gols em Araraquara contra a Ferroviária, o clima esquentou e os ânimos andaram meio exaltados no vestiário do Peixe.
Alguns jogadores, não gostaram de saber de algumas críticas mais pesadas, feitas pelo volante Uruguaio ainda no gramado ao final da partida.
Aliado a esse fato, as atuações irregulares da equipe, e o fraco futebol apresentado nesse início de temporada, tem causado não só indignação e preocupação na torcida Santista, como também na cúpula Diretiva do clube!

Coletiva com Pato Sanches

Por esse motivo, a diretoria resolveu por bem não esperar mais, e reuniu elenco e comissão técnica para uma reunião daquelas, tipo: “Lavagem de roupa Suja”.
Todos sem exceção, foram cobrados pelas atuações pífias e irregulares da equipe, e tiveram a oportunidade de aparar algumas arestas, no que diz respeito ao ambiente interno, onde foram detectados alguns problemas de relacionamento entre o elenco!

O trabalhou realizado pelo treinador Jesualdo Ferreira e sua Comissão Técnica, também foi um dos temas analisados na reunião!
Ainda que a Diretoria não tenha estipulado uma data, ou uma sequência máxima de jogos para que o desempenho da equipe e o tipo de futebol apresentado, melhore, o sentimento de que já existe uma pressão nesse sentido, ficou bastante claro.
Para bom entendedor, o recado foi dado:
Se as coisas não melhorarem já nas próximas rodadas, com o time apresentando uma significativa evolução, a Diretoria não fará cerimônia alguma se entender pela demissão do treinador e de toda a comissão trazida por ele!

Inclusive, um fator facilitador para uma demissão de todos, (Treinador e Comissão Técnica), seria o fato de não existe multa rescisória em caso de demissão.  
Vale lembrar que o treinador tem contrato até Dezembro!
O misto de meia e volante, jogador Pato Sanches, analisa o fato de que os jogadores ainda estão se adaptando ao método de trabalho do novo treinador que segundo o jogador, têm filosofias de jogo bastante diferentes, o que tem feito com que os jogadores estejam tendo dificuldades de assimilar tanta mudança em pouco tempo!
Por fim, também foram discutidas, e ao menos verbalmente acertados, os valores das premiações por metas alcançadas para a temporada.

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)                    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.