Será preciso esvaziar o copo

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Você já ouviu a história do copo cheio e do copo vazio?

 É uma metáfora a qual recorrerei, justamente para abordar o tema que escolhi para a edição do Blog deste domingo.
Antes de iniciar algo novo, aceitar estar aberto para o novo, é necessário esvaziar o copo!
Isso é fundamental para abrir espaço dentro de si, e sem amarras, preconceitos ou prejulgamentos, podermos dar espaço e oportunidade para o novo se mostrar.
Quando você não está disposto a absorver novos conhecimentos, novos olhares, perspectivas, pontos de vista, isso significa que seu copo está cheio, e portanto, não cabem mais informações diferentes, um jeito novo de pensar ou de fazer.
Daí as possibilidades de mudanças se tornam limitadas ou praticamente não acontecem.

Penso que nesse momento, é importante que todos nós torcedores do Santos, façamos essa reflexão, pois precisamos o mais breve possível, esvaziarmos nosso copo que transborda de tanto “Jorge Sampaoli”
Só assim, o copo estará vazio, e livre para começarmos a encher de “Jesualdo Ferreira”
É claro que eu entendo perfeitamente, que neste momento, comparações são tão naturais como inevitáveis!
A Questão é: O quão essas comparações entre como era o Santos do Ex Treinador “Jorge Sampaoli”, e o que se desenha ser o novo Santos do atual treinador “Jesualdo Ferreira”, podem prejudicar um trabalho que está apenas começando?

Uma coisa é importante que ressaltemos: Embora seja importante que nesse momento, o torcedor Santista, esqueça aquele Santos do Sampaoli das goleadas e futebol bonito, precisamos ter em mente que critérios fizeram o Presidente José Carlos Peres, optar pela escolha do novo treinador! Ou será que foi falta de Opção?

Antes de mais nada, quero afiançar aos leitores do Blog, que as impressões que colocarei a seguir para traçar um perfil do treinador Santista, foram baseadas em informações que tive o cuidado, de buscar com amigos pessoais que residem em Lisboa-Portugal, pessoas com grande conhecimento do futebol, não apenas Português, mas Europeu como um todo.
Jesualdo Ferreira, é um técnico cujas equipes que treina, não jogam um futebol espetacular. Trata-se de um técnico que prefere a segurança defensiva, com equipes muito bem trabalhadas taticamente, mas normalmente sem serem brilhantes

O treinador é adepto do 4-2-3-1 e dificilmente atua com três zagueiros.
Gosta de marcação forte, consistência no meio campo e prefere um time mais equilibrado.
Embora seja muito respeitado em Portugal, principalmente por ostentar até hoje, a façanha (Lá em Portugal é), de ser o único treinador a vencer três vezes consecutivas o Campeonato Português, Jesualdo não é reconhecido, por suas equipes jogarem um futebol que entusiasme ou encha os olhos do torcedor!
“É um treinador bastante experiente (73 anos), com vários títulos (foi campeão em três países), mas dizer que é um treinador com a cara do DNA Santista, é enganar o torcedor!

Suas equipes buscam a vitória, buscam o gol é claro, mas não com o volume e intensidade, com os quais o torcedor gosta de ver o Santos jogando!
Um exemplo disso, e não sei se os meus leitores se atentaram a esse detalhe, mas na partida de estreia contra o RedBull-Bragantino, mesmo jogando na Vila Belmiro, os laterais desciam com a frequência em que estávamos acostumados a ver.
Se os amigos perceberam, o Felipe Jonatan ainda arriscou algumas descidas pela esquerda, porém pela direita, o Pará apareceu lá na frente, uma única vez, quando inclusive deu um dos poucos chutes que o Santos deu no Gol adversário.

Enfim, o que tenho a dizer ao torcedor do Santos, é que tenha um pouco de paciência porque conceituado e vencedor, esse senhor Jesualdo é.
O Santos conta com um treinador experiente, muito conceituado e querido por grandes jogadores que foram treinados por ele, como: Bruno Alves, Raúl Meireles, Bosingwa, Lucho González, Hulk, Quaresma, Lisandro Lopez e Falcão Garcia

Talvez a base, que sempre foi a maior esperança do Santos, possa ser o trunfo que vá justificar e valer a pena, ter confiado na contratação do “Mister” Jesualdo.
Um dos pontos fortes do técnico Jesualdo, é justamente a experiência em trabalhar com a base.
Essa experiência, pode ser de grande ajuda para o Santos, clube que tradicionalmente trabalha na formação de jovens atletas.

Jesualdo pode montar um Santos competitivo? Pode!
Jesualdo pode conquistar algum Campeonato? Pode!
A questão é que conquistar campeonatos, o técnico Fábio Carille conquistou quatro. Foi Campeão Paulista: 2017, 2018, 2019, e Campeão Brasileiro: 2017
Alguém gostava de ver o Corinthians do técnico Carille, jogar?

Resumindo: Esqueçam o Santos do futebol ofensivo e bonito do técnico Sampaoli.
Jesualdo Ferreira tem um estilo de jogo e de montar seus times, de maneira equilibrada, sua equipes não buscam o ataque o jogo inteiro.
Isso não quer dizer que não dará certo, mas como falei, (Escrevi), o Torcedor Santista terá que esvaziar seu copo, dar um crédito de confiança, e torcer para que a Diretoria saiba o que está fazendo, e tenha acertado na escolha do comandante para 2020!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.