Fora de casa o Santos vai em busca da primeira vitória de 2020

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O Santos estreou no Campeonato Paulista de 2020, e fora a ansiedade por voltar a ver seu time do coração novamente em campo, havia por parte da torcida Santista, uma enorme expectativa em ver de perto, uma amostra de como seria esse novo Santos, agora sob o comando do treinador Português, “Jesualdo Ferreira”.
Não seria exagero nenhum, dizer que o empate em 0 x 0 com o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro, deixou o Santista voltar para casa, com um misto de decepção e preocupação.

Decepção” porque muito embora, todos saibam que em todo início de temporada, os times do interior apresentam-se sempre em um estágio físico superior, isso por estarem treinando há mais tempo, com todo o respeito mas estamos falando do Santos Futebol Clube.
Seja sob qualquer condição, o Santos jogando em sua casa (Vila Belmiro), tem que entrar para atropelar quem for!

Já a “Preocupação”, fica por conta do futebol que o torcedor esperava ver a equipe apresentar, e não viu.
O que se viu, foi um Santos que não lembrou em nada aquela equipe que jogava um futebol envolvente e objetivo.
De tudo, o mais preocupante mesmo, são as informações que obtive, a respeito do tipo de treinamentos que o novo treinador do Santos, está acostumado a dar.
Os treinos do Santos do técnico jesualdo Ferreira, se resumem a: “Campo Reduzido, Dois toques, e Coletivos”. Parte técnica e tática, muito pouco, e treinamento Físico, praticamente não existe!
Alguém precisa situar esse Português, que ele não está em Portugal não!
Aqui no Brasil com jogos as quartas e domingos, o bicho pega!

Se não estiver muito bem preparado fisicamente, o elenco do Santos sofrerá com a falta de pernas em muitos jogos, além de lesões!
Lembro aos leitores, que em um dos últimos anos em que o Dorival Jr foi treinador do Santos, ele e seu Preparador Físico, vieram com essa moda, essa invencionice de só treinar com bola, e nada de trabalhos físicos.
Resultado: Sofremos o ano inteiro com contusões, além de perder vários jogos de virada, pois o time morria fisicamente no segundo tempo, e sem pernas, tomavam a virada no placar.

Não bastasse isso, e o torcedor Santista recebeu uma notícia da qual desconfiava, mas torcia para não se confirmar.

A Assessoria de Imprensa do Santos, confirmou na manhã de ontem, domingo, que a lesão sofrida pelo jogador Marinho, algo que inicialmente poderia ter sido apenas um entorse, confirmou-se através de exames de imagem, ser algo mais grave.
Marinho fraturou o pé esquerdo, e já encontra-se imobilizado.

Marinho deixa o gramado com fortes dores

 A fratura tem em média, um tempo de recuperação que varia entre quatro a seis semanas. Estamos falando de um jogador que tornou-se titular absoluto na última parte da temporada passada, que cujas características de força, arranque e velocidade, não tem no momento um substituto a altura e com essas características

 Com apenas duas semanas à frente do Peixe, Jesualdo Ferreira já sofre com sua quarta baixa! Atualizações do DM:
Marinho – Trauma no tornozelo esquerdo, que confirmou-se fratura, e Já encontra-se em  tratamento.
Kaio Jorge – Entorse no tornozelo esquerdo, não apresentou grandes sequelas. Tendência que possa em breve voltar a trabalhar em campo.
Lucas Veríssimo e Felipe Aguilar: Estão evoluindo bem aos trabalhos de fisioterapia. Seguirão em reavaliação diária.

Além dos jogadores entregues ao Departamento Médico, o técnico Jesualdo Ferreira não poderá contar nos próximos jogos, com um dos principais atacantes da temporada.
 Soteldo ainda está servindo a Seleção da Venezuela no Torneio Pré-Olímpico, e só deve retornar ao time na partida contra a Ferroviária, na sexta rodada.

Soteldo o grande nome da Seleção Venezuelana

O tempo de recuperação do atacante Marinho, preocupa a comissão técnica pois além de ficar afastado do time no Campeonato Paulista, o atacante passa a ser duvida também para os dois primeiros jogos da fase de grupo da Libertadores, no dia 3 de março contra o Defensa y Justicia na Argentina, e no dia 10 contra o Delfín na Vila.
As opções do técnico Jesualdo Ferreira para a vaga de Marinho, são:  Derlis González, Tailson, Arthur Gomes e Lucas Venuto

O próximo compromisso do Santos, quando o Alvinegro Praiano volta a campo para tentar sua primeira vitória na competição, será contra o Guarani, nesta segunda-feira, às 20h, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa.
O provável 11 Santista para entrar em campo contra o Guarani de Campinas, vai com: Everson; Pará, Luíz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Pituca e Sánchez; Arthur Gomes, Sasha e Raniel.

Depois de enfrentar o Guarani, nesta segunda-feira, o Santos terá pela frente a Inter de Limeira, na Vila Belmiro, na quinta-feira, às 19h15, e no próximo final de semana enfrenta seu primeiro clássico Paulista, contra o Corinthians na Arena Itaquera.

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.