Executivo de futebol Newton Drummond é demitido do Santos

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Durou pouco mais de um de um mês, mais precisamente 35 dias, a passagem do executivo de futebol, Newton Drummond, no comando do departamento de futebol do Santos Futebol Clube
Newton Drummond chegou para preencher a vaga deixada por Edu Dracena, que pediu demissão após a eliminação do Santos para o Deportivo Táchira-VEN nas oitavas de final da Sul-Americana.

Newton Drummond, que trouxe consigo uma experiência construída ao longo de 18 anos de carreira como dirigente, onde conquistou, ao todo, 15 títulos, entre eles, duas Libertadores (2006 e 2010), um Mundial de Clubes (2006) e uma Copa Sul-Americana (2008) – todos com o Colorado, passou também pelo Vasco, em 2018, foi executivo de futebol da Chapecoense em 2018-2019 e estava no Coritiba, em 2021, seu último trabalho antes de ser contratado pelo Santos, foi demitido nesta quinta-feira (18).

O Santos desligou Newton Drummond do cargo de executivo de futebol e segundo consta, o executivo e o presidente Andres Rueda, não estavam mais falando a mesma língua!
Apesar de chefiar o departamento de futebol do clube, e ter sido decisivo na vinda do treinador Lisca para assumir o comando de técnico do elenco, não era Drummond  quem vinha cuidando da contratação dos reforços para o elenco alvinegro.
Durante o período em que a janela de transferências esteve aberta, foi o presidente quem tomou para si, a responsabilidade de estar a frente das negociações, algo que teria desagradado o executivo!

Andres Rueda, passou nesse período, a estar diariamente no CT Rei Pelé cuidando da vinda dos reforços, tendo sido inclusive o responsável pelo sucesso na concretização da contratação dos quatro atletas que chegaram nesta janela: o lateral-direito Nathan, os meias Luan e Carabajal e o atacante Soteldo.
Aparentemente a questão de ter ficado ao largo das contratações, poderia ter sido contornada, até porque “Contratações” seriam apenas uma parte das atribuições do executivo de futebol.

O Que teria sido o real motivo, e muito mais grave, seriam alguns supostos áudios de pessoas, dizendo que o filho do executivo Newton Drummond, estaria se aproveitando do cargo do pai, para se envolver em supostas negociações com o Santos, o que teria gerado a perda de confiança do presidente no profissional, causando a decisão por sua demissão!

Inconformado com a justificativa dada para a sua demissão, Newton Drummond deu a seguinte declaração a alguns veículos de Imprensa:

Quando o presidente vem com justificativa que ele deu, e deu para o conselho gestor, que tinha perdido a confiança em mim por supostos áudios de pessoas dizendo que meu filho estava envolvido em supostas negociações com o Santos, e um desses áudios ele me mostrou. Chega ser ridículo o que fiz no áudio. Isso é ruim, não vou admitir. Pelo que eu entendi, ele levou para o comitê gestor sobre sua desconfiança em mim por conta desse áudio, e isso atinge ao profissional e a pessoa Newton Drummond e sua família. Isso não vou admitir. É um justificativa esdrúxula. Baixa. Era mais fácil dizer: seu serviço não estava sendo bom, passe bem”, afirma o ex-executivo. 

Enquanto o Santos se prepara para o próximo compromisso, quando entra novamente em campo no próximo domingo, as 18 horas (de Brasília), na Vila Belmiro, para disputar o clássico com o São Paulo em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, a procura pelo nome de um profissional que substitua a saída de Newton Drummond, não deve ser uma prioridade urgente, podendo ficar até mesmo para 2023, visto que o presidente Rueda, parece ter gostado do contato direto como o dia a dia do CT Rei Pelé, e pode até lá, fazer a função do executivo que deixou o clube!

PITACOS DO BERTOLDI 

Não me surpreenderei nem um pouco, e arrisco a dizer que irei esperar até com certeza, que tenhamos desdobramentos na história dessa demissão, visto que acredito que o profissional em questão, deve procurar seus direitos na justiça, pois alguém demitido com bases em fofocas e denuncias realizadas em áudios, com certeza vai querer que apresentem provas do que disseram, e caso não hajam provas, a cuíca vai roncar pra cima dos cofres do Santos, que deve ser penalizado com uma indenização pesada!

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.