Esclarecendo fatos trazendo a verdade

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Bens materiais são comumente lembrados pelo valor que tem, alguns elegem o Ouro, outros Pedras Preciosas, alguns escolhem a moeda de algum país e etc… Tudo tem seu devido preço e valor!
Porém, poucas pessoas já se deram conta, de que muito embora não seja um bem material, não existe nada mais precioso no mundo, do que algo chamado “Informação”
Se as pessoas soubessem o quanto vale uma “INFORMAÇÃO”, venderiam por verdadeiras fortunas!   

Por falar no valor da informação, infelizmente muitos ainda negligenciam seu poder e consequências!
Como jornalista, tenho obrigação de estar sempre em busca da verdade, e é isso o que procuro fazer aqui no Blog.
Portanto, quero ver se de uma vez por todas, consigo que associados e torcedores do Santos, os quais muitos acompanham o Blog, abram um pouco suas mentes e corações, e se convençam da verdade.
De segunda-feira para cá, acho que as redes de “fake news”  nunca trabalharam tanto como nesses últimos três dias!

Então vamos lá:

MENTIRA: É mentira o que andaram espalhando sobre o vice-presidente do Santos Futebol Clube, Orlando Rollo, ter tentado dar um “Golpe” tomando o poder no grito e na força, levando consigo para a porta do Santos um grupo de “Milicianos” para intimidar os funcionários do clube.

VERDADE: Em virtude do Presidente José Carlos Peres estar na data de 11 de Novembro de 2019, suspenso de suas atividades como presidente do clube, em decorrência de uma punição aplicada pele STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), nesta data o que ocorreu de verdade, foi que o vice-presidente Orlando Rollo, respeitando rigorosamente o que diz o estatuto, assumiu o cargo de presidente, enquanto José Carlos Peres precisasse se manter afastado!

MENTIRA: As pessoas que acompanhavam Orlando Rollo quando ele retornou ao clube, não eram bandidos ou milicianos como muitos acusaram e andaram espalhando nas redes sociais!

VERDADE: O tumulto ocorrido na chegada a Vila Belmiro, foi causado premeditadamente, como uma cortina de fumaça para desviar o verdadeiro foco, que era impedir que Orlando Rollo e sua equipe, adentrassem ao clube e pudessem ter acesso a muitas coisas que querem esconder!

VERDADE: Orlando Rollo vai insistir em seu direito como ”Vice Presidente do clube, de ter acesso irrestrito a toda e qualquer tipo de documentação, e entrará novamente com um pedido que fez, para ter acesso aos documentos que pretende analisar pois na primeira vez que solicitou, teve a solicitação negada por funcionários.

MENTIRA: Em momento algum houve qualquer tipo de violência ou truculência como foi dito pelo presidente até então afastado, de que Orlando Rollo e outras 25 pessoas tentaram invadir a sala da Presidência e “tomar de assalto” a gestão do clube.

VERDADE: No curto período em que esteve afastado de suas funções como Presidente do Santos, a punição imposta pelo STJD, é muito clara quando diz dentre outras proibições, que ao mandatário santista é vetada a prática de “Atos oficiais” referentes à respectiva modalidade desportiva (futebol), proibição claramente desrespeitada pelo Presidente Santista, quando deu uma “Coletiva de Imprensa”, falando oficialmente como presidente do clube!
Tanto é verdade que o presidente descumpriu uma das proibições, que misteriosa e estranhamente, a coletiva não foi gravada! Estranho que um pronunciamento em um momento tão importante, não fosse gravado não é?

Coletiva que estranhamente não foi gravada

VERDADE: O cuidado com as atitudes e decisões tomadas, incluindo o pedido para ter acesso aos documentos do clube, foram tão rigorosos, que antes de qualquer coisa, Rollo teve o cuidado de consultar o Presidente do Conselho Deliberativo do Clube, Senhor Marcelo Teixeira, questionando se no entendimento do Presidente do Conselho, alguma de suas solicitações teria algo de abusivo, como os leitores podem constatar à seguir:
Vale lembrar que Rollo teve seus “direitos ilimitados” deliberados pelo Conselho, e tem livre acesso no estádio assim como suas funções de vice.

Solicitação e consulta feita ao Presidente do Conselho Deliberativo

VERDADE: Após as repercussões de sua volta ao clube,o vice-presidente Orlando Rollo desabafou em áudio no qual deu sua versão dos fatos sobre tudo que aconteceu de segunda-feira pra cá, e falou também sobre a atual situação política do Santos.
Entre outras coisas, disse que não se importa de ficar “queimado” no cenário do Alvinegro, preferindo agir do que ser omisso!

Acompanhe o áudio que trás na íntegra, importantes informações que elucidam a verdade dos fatos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.