Com técnico interino Santos enfrenta Clássico difícil contra o líder do campeonato

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras! 

O Santos volta a campo neste domingo (18), as 18h30 (de Brasília) quando pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputa fora de casa no Allianz Parque, em São Paulo, o clássico com o Palmeiras, líder do campeonato!
Ocupando a 10ª colocação na tabela de classificação com 34 pontos conquistados em 26 partidas, o Alvinegro de Vila Belmiro chega para o confronto com os Palmeirenses, vindo de uma semana conturbada que se iniciou com a surpreendente demissão do treinador Lisca, após uma derrota fora de casa para o Ceará na última rodada.

 O Santos chega para esse compromisso contra o Palmeiras tendo como única baixa, o volante Rodrigo Fernández, que sofreu uma lesão parcial do músculo reto femoral da coxa direita, contusão ocorrida na derrota de 2 a 1 para o Goiás na penúltima rodada.

Se o volante Rodrigo Fernández é baixa certa para esse compromisso, em compensação, o técnico interino Orlando Ribeiro terá o retorno do experiente veterano Carlos Sánchez, que volta a ficar a disposição após se recuperar de lesão muscular na coxa esquerda, além de contar também com o retorno do atacante Ângelo que volta ao time depois ficar de fora dos dois últimos jogos, para servir a Seleção Brasileira sub-20 em um torneio no Uruguai.

Desta maneira o Alvinegro Praiano deve vir escalado com a provável formação: João Paulo; Madson, Maicon, Bauermann e Felipe Jonatan; Camacho, Zanocelo e Lucas Barbosa; Lucas Braga, Marcos Leonardo e Soteldo.
Técnico Orlando Ribeiro

Líder do Brasileirão com 54 pontos, o Palmeiras chega para o clássico, embalado pela real expectativa de chegar ao seu 11º título Brasileiro, querendo se isolar mais ainda na ponta da tabela.
Para essa partida o técnico Abel Ferreira não tem problemas em relação a jogadores suspensos, porém terá dois desfalques certos de jogadores que ficarão fora do time pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro.
O volante Jailson, que se recupera de lesão no joelho, e o meia Raphael Veiga, que passou por cirurgia no tornozelo direito.

Desta forma o provável time do Palmeiras deve vir a campo para encarar o Santos escalado com: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Bruno Tabata; Scarpa, Dudu e Rony
Técnico Abel Ferreira

Conheça um pouco da história do adversário do Santos. 

Sociedade Esportiva Palmeiras (Conhecida popularmente como Palmeiras) é um clube poliesportivo brasileiro da cidade de São Paulo, capital do estado homônimo. A História da Sociedade Esportiva Palmeiras começa no dia 26 de agosto de 1914, quando o clube foi fundado por imigrantes italianos na cidade de São Paulo com o nome de Palestra Itália. A sua fundação se deu pela presença de dois times italianos no Brasil, no caso o Pro Vercelli e o Torino, impulsionando assim quatro jovens italianos a criar um time para a colônia italiana, eram eles; Luigi Cervo, Luigi Marzo, Vincenzo Ragognetti e Ezequiel Simone, funcionários das Indústrias Matarazzo (que contaram com o apoio da fábrica para fundar o clube). Suas cores, presentes no escudo e bandeira oficial, são o verde e branco. O vermelho, presente desde sua fundação em 1914, e alusivo a Bandeira da Itália,  foi excluído durante a Segunda Guerra Mundial,  por pressão do governo nacional, na mesma reunião que formalizou a mudança de nome de Palestra Itália para Sociedade Esportiva Palmeiras.
A primeira partida da equipe foi disputada em 24 de janeiro de 1915 contra o Savóia, do atual município de Votorantim, à época distrito de Sorocaba, no interior paulista, e contou com a vitória palestrina por 2 a 0, com gols de Bianco e Alegretti.
Após 30 anos de adoração pela torcida nas arquibancadas, o Porco Gobbato foi oficializado como mascote do clube em 2016, ganhando uma forma robusta e imponente e passando a animar os jogos do Verdão ao lado do Periquito.

Em sua galeria de troféus, o Palmeiras ostenta os seguintes Títulos

  • Campeonato Paulista: (24)
  • Torneio Rio-São Paulo: 5 (1933, 1951, 1965, 1993 e 2000)
  • Campeonato Brasileiro Série A: (10)
  • Campeonato Brasileiro Série B: 2 (2003, 2013)
  • Copa do Brasil: 4 (1998, 2012, 2015 e 2020)
  • Copa dos Campeões: (2000)
  • Copa Mercosul: 1 (1998)
  • Copa Libertadores da América: 3 (1999, 2020, 2021)
  • Recopa Sul-americana: 1 (2022) 

Uniformes  

 Confrontos ao longo da história

Retrospecto

Santos e S.E.Palmeiras  já se enfrentaram 336 vezes ao longo da história.
Foram 105 vitórias do Santos, contra 144 vitórias do Palmeiras e 87 empates.
O Peixe marcou 478 gols e sofreu 572 Saldo de -94

Em Campeonatos Brasileiros  Desde o primeiro confronto, foram 78 jogos, com 28 vitórias do Santos, contra 24 vitórias do Palmeiras e 26 empates. O time da Baixada Santista marcou 87 gols e sofreu 90.

O último Confronto
No último confronto, válido pelo Campeonato Brasileiro  de 2022, a partida terminou com derrota do Santos pelo placar de 1X0.
O jogo foi realizado na Vila Belmiro

Crédito de Imagem (Foto: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.