Comitê de Gestão do Santos veta a contratação de Vanderlei Luxemburgo

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Ocupando a 10ª colocação com 34 pontos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Santos volta a campo no próximo domingo, quando às 18h30 (de Brasília), enfrenta  fora de casa na Arena Allianz Parque, o Palmeiras em partida válida pela 27ª rodada.

Se normalmente a semana que antecede um clássico, já causa ansiedade, semana que pela importância da rivalidade, já altera até mesmo a rotina de treinamentos e preparação para a partida, imagine uma semana como a do Santos, que começou com a saída de seu treinador, passando ainda pela expectativa de ter de volta ao clube um nome de peso no mercado futebolístico, culminando com a frustração de uma negociação confusa e malsucedida.
Sem um gerente de futebol, (Função acumulada pelo próprio presidente do clube), após a saída de Newton Drummond, demitido no dia 18 de agosto, e agora também sem treinador após a saída do técnico Lisca, o Santos se apressou na tentativa de contratar substitutos para ocupar os cargos vagos, ainda neste final de ano.

Para o cargo de treinador, vaga para a qual a Diretoria do clube entende ser no momento a prioridade, o primeiro nome procurado pela cúpula diretiva do Santos para substituir ao treinador Lisca, foi do Argentino Sebastián Beccacece, que recentemente deixou o comando técnico do Defensa y Justicia, antes do término de seu vínculo.
Contatado Beccacece agradeceu ao contato santista, mas preferiu não aceitar a oferta, visto que pretende descansar e assumir uma equipe somente após a Copa do Mundo do Qatar, que será realizada no final do ano.
Outro motivo que pesou na recusa do argentino, foi o fato de preferir iniciar um trabalho no começo de uma temporada, ao contrário do caso do Santos!

Sem Sebastián Beccacece, eis que surge forte ainda durante a ultima terça-feira, o nome do treinador Vanderlei Luxemburgo, porém não para assumir o cargo de treinador, mas sim para o cargo de gerente de futebol.
No entanto, Luxemburgo tinha uma outra ideia em mente, e fez uma contraproposta.
A proposta ou “Contraproposta”, conversada na reunião que aconteceu na casa do presidente, seria assumir como diretor técnico até o final deste ano, acumulando a função de treinador dentro de campo, assumindo de vez o cargo de gerente, somente a partir de 2023, quando então ele “Luxemburgo” ficaria responsável pelo planejamento da temporada, assim como pela contratação de um novo treinador!

Vanderlei Luxemburgo ficaria como treinador até o final do ano, dirigiria a equipe nos últimos 12 jogos que restam no Brasileirão, e em 2023 ficaria somente como diretor técnico.
Foi então que na quarta-feira, o presidente Rueda reunido com seus pares do Comitê Gestor, (Dagoberto Oliva, Rafael Leal, Renato Hagopian, Thomaz Côrte Real) e o vice-presidente José Carlos de Oliveira, colocaram em votação a contraproposta feita pelo Luxemburgo, e foi rejeitada por 4 votos contra 2.

Sem ter na verdade, nenhuma justificativa plausível para não aceitar o pedido do Vanderlei Luxemburgo, Andres Rueda usou como desculpa, o fato de que durante o trâmite das negociações, Luxemburgo teria passado,  (Deixado vazar), informações sobre as conversas que estavam acontecendo!

Pitacos do Bertoldi

Primeiramente: O Presidente do Santos Futebol Clube, senhor Andres Rueda, pessoa a qual eu respeito, mas sendo bem sincero, sinto ter que mais uma vez dizer, que caiu de paraquedas em uma cadeira para a qual não nasceu para sentar, ocupando um cargo para o qual não tem nenhum preparo nem intimidade alguma, sinto dizer presidente, que sua desculpa quanto ao fato de informações sobre sua negociação com o Luxemburgo terem vazado, só demonstra e prova o quanto o senhor é um verdadeiro “Estranho no Ninho” nesse mundo chamado “Futebol”

Embora fique cada vez mais claro por sua gestão pífia, que o senhor não entende de futebol, fica claro também que o senhor não tem a mínima noção da grandeza do clube que preside!
Presidente: Uma negociação envolvendo um clube gigante como o Santos, e um profissional do quilate de um Vanderlei Luxemburgo, vaza mesmo! É notícia que desperta sim grande interesse da torcida e da mídia esportiva!

E qual é o Problema nisso?
A Questão é que a vinda do Luxemburgo, não tratar-se-ia pura e simplesmente da vinda de um mero treinador!
Não vou nem perder tempo explicando que somente no quesito “Treinador” existe um abismo entre o Luxemburgo e todos os últimos que passaram pelo Santos!
O Crucial para o Santos, seria o ganho que o clube teria com o Luxemburgo, que em menos de seis meses, assumiria de vez toda a coordenação, toda a reestruturação do Futebol do Clube, algo que nisso ele é perfeito!

 Não esqueçamos que mesmo defasada e estacionada no tempo, a estrutura que ainda temos no CT Rei Pelé, se deve muito ao Luxemburgo que quando retornou do Real Madri, azucrinou a paciência do Marcelo Teixeira, que teve que refazer boa parte do que estava já feito no CT, para adequa-lo aos melhoramentos que o Luxa quis fazer, por trazer ideias que ele viu no CT do Clube Merengue!

E por falar em Marcelo Teixeira, espero sinceramente que o Santos não esteja deixando de trazer ao clube um grande profissional, justamente por sua amizade e proximidade com o Marcelo, pessoa que vocês “Roxos”, a turminha do “Vem pra Sampa”, a turminha dos que querem vender o Clube, não suportam!

(Crédito: Imagem: Juan Mabromata/AFP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.