Santos precisa de reforços se não quiser passar pelo mesmo sufoco do ano passado

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Diz o ditado que “Errar é Humano mas persistir no erro é Burrice”
Parece que os dirigentes do Santos decidiram mesmo levar o ditado a sério!
Pelo segundo ano seguido, a gestão do presidente Rueda que prioriza o acerto dos problemas financeiros do clube, enquanto relega o futebol a segundo plano, fez o Santos correr risco de rebaixamento no Campeonato Paulista, e pelo andar da carruagem o mesmo pode se repetir novamente no Brasileirão 2022.

Se no último ano o torcedor Santista precisou passar boa parte do Campeonato com um olho nos jogos e uma calculadora nas mãos, torcendo para evitar que o descenso tanto no Campeonato Paulista quanto no Brasileirão, alcançasse o clube pela primeira vez na história, algo evitado no Campeonato Estadual somente na última rodada, e no Brasileirão apenas nas últimas rodadas, o perigo se repetiu no Paulistão desse ano e não está descartado que ocorra de novo no Campeonato Brasileiro!

Para que o Santos não passe novamente pelo drama de terminar mais uma temporada, fugindo do rebaixamento como aconteceu no já distante 2008, quando na 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, escapou da degola com um gol salvador, oriundo de um chute torto de fora da área, do equatoriano Michael Jackson Quiñónez, chute que teve sua trajetória desviada nas costas do lateral esquerdo Gustavo Nery, e a bola que em princípio sairia bem distante do gol, acabou enganando o goleiro do Inter de Porto Alegre, morrendo no fundo das redes adversárias, é preciso que a Diretoria faça um sacrifício em termos financeiros e traga alguns reforços para o restante da temporada!

Consciente das carências do elenco e da necessidade de reforçar a equipe, o Gerente Executivo de futebol, Edu Dracena, vem estudando a possibilidade do Santos trazer reforços na janela do meio do ano, prevista para ficar aberta entre os dias 18 de julho a 15 de agosto, tanto para contratações como para venda de jogadores. A analise de nomes que possam reforçar o elenco vem sendo acompanhada de perto pelo técnico Fábian Bustos que inclusive tem participado das reuniões junto ao Departamento de Futebol.
Até o momento chegaram ao clube como reforços contratados para a temporada de 2022, os seguintes Jogadores:
Zagueiros: Eduardo Bauermann e Maicon
Lateral Direito: Auro
Volantes: Willian Maranhão e Rodrigo Fernández
Meia-Atacante: Bruno Oliveira e Ricardo Goulart
Atacantes: Jhojan Julio e Bryan Angulo.

Pitacos do Bertoldi

Embora careça de reforços, a dificuldade financeira continua sendo um problema, um entrave claro, pois muitas vezes a entrada de um aporte financeiro no caixa do clube, precisa ser destinado a acerto de contas como a folha salarial.
Exemplo disso foi o fato de que como as receitas dos meses de maio e junho não foram suficientes para cobrir as despesas “Fixas” como pagamentos da folha salarial, impostos e acordos para dívidas parceladas, o clube se viu obrigado a usar 1,5 milhão de Euros (cerca de R$ 8 milhões na cotação atual), valor recebido como um bônus, referente a um acordo feito no momento da venda do atacante Kaio Jorge, vendido pelo Santos no meio do ano de 2021 por 3 milhões de Euros (R$ 19 milhões na cotação da época).

Na época ficou acordado que se a equipe da Juventus-ITA, conseguisse se classificar para a disputa da Liga dos Campeões, algo que se concretizou com a equipe terminando na quarta colocação do Campeonato Italiano, então pelo contrato assinado entre os clubes o Santos receberia  1,5 milhão de Euros pela meta alcançada.
Esses valores que chegaram em boa hora, pois na verdade o Santos só receberia o dinheiro do clube italiano entre julho e agosto, são um exemplo das dificuldades para adquirir reforços, dada a necessidade urgente de sanar outros compromissos!

De qualquer maneira, a Diretoria precisa buscar alternativas para reforçar o elenco, seja contratando jogadores ou subindo algumas peças da base!
Particularmente não acho que o elenco atual precise de tantos reforços, mas sim ser melhor aproveitado! Vejo alguns jogadores que poderiam contribuir e muito para que o Santos possa fazer uma campanha no mínimo tranquila, mas que não são aproveitados por pura escolha do treinador que esse sim, não me espira a mínima confiança!

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.