Dizem que é errando que se aprende! Não seria acertando que se aprende?

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O quarto Zagueiro Alex, que chegou ao Santos adquirido inicialmente para atuar pelas categorias de base do clube, sendo promovido aos profissionais em 2020, é mais um dos jogadores do sistema defensivo do Santos, que pode estar muito perto de deixar o clube!
Alex Nascimento ou apenas “Alex”, estreou como titular da defesa Santista na vitória por 3 a 1 do Santos diante do Atlético-MG, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro de 2020 na Vila Belmiro.

Com passagens pela base do São Paulo e do Fluminense, o jogador subiu ao profissional do Santos pelas mãos do técnico Jesualdo Ferreira.
O Jogador de 22 anos que tem contrato com o Santos até 31 de dezembro de 2024, vem despertando o interesse do futebol europeu, mais especificamente do Futebol Português!

No início de Julho o Futebol Clube do Porto, fez uma consulta junto a Diretoria do Santos para contratar o defensor santista por empréstimo pelo período de uma temporada, com opção de compra ao término do período. Os Dirigentes do Alvinegro Praiano não se empolgaram com a proposta oferecida e as conversas acabaram esfriando!
Desta vez porém, uma outra proposta vinda também do futebol Português parece ter agradado mais a alta cúpula Santista, e a negociação parece estar bem adiantada!

O Futebol Clube de Famalicão, situado em “Vila Nova de Famalicão” clube europeu que fica numa região estratégica do Norte português, muito próximo de Porto, Braga e Guimarães, centros importantes de Portugal, está muito próximo de acertar a aquisição do Quarto Zagueiro Alex!
A proposta que teria agradado a diretiva Santista, seria de um empréstimo por uma temporada, com opção de compra pelo valor fixado em 1 milhão de euros, cerca de (R$ 6,1 mi) na cotação atual.
Embora os clubes já estejam em adiantadas tratativas, inclusive contratuais, a negociação ainda depende do acerto entre o clube português e o jogador.

Pitacos do Bertoldi

Pois é! O tempo passa e infelizmente aquele velho e conhecido ditado que diz: “É errando que se aprende”, parece não se aplicar aos Dirigentes do Santos!

Não fazem ainda 15 dias, que nós Santistas de verdade, nos enchemos de orgulho e até porque não dizer: “Emoção”, ao vermos um ex. menino da Vila, “Emerson Palmieri”, levantar a Taça de Campeão da Eurocopa 2020, jogando como titular da lateral esquerda da Seleção Italiana.
Pois é! A exemplo do que aconteceu em 2016, quando na Gestão do presidente Modesto Roma Jr, o Santos vendeu Emerson Palmieri para a Roma da Itália, por 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 7,4 mi, à época), o mesmo péssimo negócio parece estar se repetindo!

Sem muito espaço no profissional do Santos após ser promovido das categorias de base, o jogador que sob o comando do técnico Dorival Júnior, tinha como concorrentes a posição, os fracos “Zeca e Caju” para a lateral esquerda, após dois empréstimos seguidos acabou vendido ao clube europeu, graças a uma cláusula no vínculo de empréstimo, que dizia que se o jogador completasse 12 jogos na temporada 2016/2017, ficaria em definitivo com os italianos pelo valor de 2 milhões de euros!
Dado praticamente de graça, os Italianos que não são burros, venderam o lateral Emerson Palmieri para  o Chelsea, da Inglaterra,  simplesmente por 20 milhões de euros (R$ 78,5 mi) em 2018, menos de um ano depois! O desfecho desse absurdo prejuízo causado ao Santos, todo mundo sabe!
O ex Menino da Vila, teve seu futebol reconhecido na Europa, passou a ser nome frequente nas convocações da Seleção da Itália, onde terminou a última Eurocopa campeão e titular da lateral esquerda!
Palmieri tem 25 anos e seu contrato com o Chelsea da Inglaterra termina em junho de 2022.

Estou recordando essa história, pois infelizmente passe o tempo que passar, parece que os dirigentes do Santos continuam se mostrando “PÉSSIMOS” vendedores!
Quando não perdem jogadores que deixam o clube pela porta da frente, de graça, os quais o Santos passou anos investindo na formação, entregam de presente a troco de bananas!
Aceitar uma proposta absurda dessas, feita pelo clube Português, um empréstimo por uma temporada, com opção de compra pelo valor fixado em 1 milhão de euros, cerca de (R$ 6,1 mi) na cotação atual, só pode ser justificada se os dirigentes do Santos, não souberem com quem estão negociando!

De responsabilidade da Quantum Pacific Group, do empresário Idan Foder, o bilionário israelense de 64 anos é desde 2019, o principal investidor do FC Famalicão, e administra negócios em diversas áreas, mas no esporte é conhecido principalmente por ter 32% das ações do Atlético de Madrid.
Portanto: O valor oferecido por um clube cujo principal investidor é um empresário bilionário, é tão ridículo que chega a ser uma piada de mal gosto!
Alex é um zagueiro forte, de boa estatura, quarto zagueiro canhoto, algo escasso no elenco que após a venda do Luan Peres, ficou apenas com o Wagner Palha como canhoto.

Se aceitarem uma oferta esdrúxula dessas, mais uma vez estarão prejudicando o Santos e virando chacota para europeus!
Só concebo uma negociação com um valor ridículo desses, se o Santos ficar no mínimo, com 30% do valor de uma futura transação! Caso contrário estaremos testemunhando um “Emerson Palmieri 2”, na vida do Santos!

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.