Curriculum e Processo de Seleção para trabalhar no Santos Futebol Clube

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O que é RH?

RH é uma sigla que significa “Recursos Humanos”, que é o conjunto, de colaboradores de uma organização. A base do setor responsável são as funções de recrutamento, seleção, treinamento, remuneração e benefícios aos trabalhadores.

Recrutamento e seleção

Recrutamento e Seleção é uma área de Recursos Humanos, que objetiva atrair, escolher e contratar a pessoa certa para uma vaga de emprego. Assim, o profissional de R&S avalia os candidatos ao cargo por meio de entrevistas, testes de competências e fit cultural.
O processo de Recrutamento e Seleção de pessoas, está presente em diferentes formas na sociedade, desde os primórdios do capitalismo. Certamente é um dos processos mais importantes de qualquer empresa. Envolve diferentes técnicas, metodologias e etapas e vem se transformando nos últimos anos.
Encontrar o talento certo é fundamental para construir uma empresa de destaque no mercado. E isso vai se tornar ainda mais relevante a cada ano.

Atrair os talentos certos, planejar processos de seleção eficientes e garantir que a empresa contrate os mais alinhados aos seus propósitos e sua cultura… tudo isso influencia nos resultados que serão gerados pela empresa, tendo um grande impacto nos custos e nos lucros.
Essa “Maneira” utilizada no momento de contratar novos funcionários, é prática comum e usual, adotada por pequenas, médias e grandes empresas!
Porém é algo bastante novo e recente, quando falamos em “Futebol”.

No mundo da Bola, processos de seleção realizados pelo próprio “R&S” (Recrutamento e Seleção), dos clubes, costumeiramente se restringem aos cargos Administrativos, Serviços, Manutenção e etc…
Também é prática comum, a “Terceirização” de serviços como: (Portaria, Limpeza e Segurança).
Quando se trata das áreas específicas do futebol, como: Superintendência de Futebol, Gerência de Futebol, Departamento Médico, Gerência de Marketing e etc.., o comum, o habitual, é a Diretoria do clube entrar diretamente em contato com o profissional pretendido para a área, e havendo interesse de ambas as partes, a negociação de contratação é fechada ou não, geralmente em um almoço ou Jantar de negócios!   
Desde que assumiu a presidência do Santos Futebol Clube, o presidente Andres Rueda tem adotado no momento de contratar profissionais para cargos ligados diretamente ao futebol do clube, o modelo tradicional usado por qualquer empresa fora do mundo do futebol, ou seja:

  • Anúncio em Redes Sociais
  • Especificação da vaga oferecida
  • Requisitos para o preenchimento da vaga
  • Canal de Comunicação através do qual, o Curriculum dos candidatos deve ser enviado
  • Processo de Seleção.

A questão é que por esse processo tradicionalmente utilizado por empresas normais, (Fora do Futebol), qualquer pessoa pretendente ao cargo, pode enviar seu Curriculum e participar do processo de Seleção!
Ao passo que da maneira como sempre foi feito no futebol, os clubes procuram os melhores profissionais do mercado, dispensando qualquer burocracia ou necessidade, de “Processo de Seleção”.

Fica meio difícil de imaginar, um clube querer contratar um profissional como o conhecido Fisioterapeuta “Luiz Alberto Rosan”, e achar que um profissional desse quilate, dessa envergadura, vá se submeter a passar por um processo de Seleção, como se fosse um ilustre “Recém-Formado”.
Ou achar que um renomado Executivo de Futebol como Rodrigo Caetano, vá enviar “Curriculum” para se inscrever em um processo de Seleção, seja onde for!
Profissionais que já atingiram esse nível, não procuram anúncios de “Vagas de Emprego! Profissionais desse nível, são “Procurados”.

Para podermos analisar melhor essa questão, conversamos com o Administrador Paulo Lisbôa Neto, Profissional com mais de 33 anos de atuação na área de Recursos Humanos, especializado em Adm. de Pessoal, vivenciadas em organizações de grande porte no Rio de Janeiro e Brasil, além de ser também, “Analista Comportamental” e “Gestor Esportivo”.

Nosso entrevistado, vai explicar um pouco para os nossos leitores, como se dá o processo tradicional de recrutamento e seleção de candidatos à vagas em grandes empresas, vai dar dicas de como ter um bom desempenho nesses processos de avaliação, como se preparar da melhor maneira, e também vai fazer um alerta dos pecados mais comuns que candidatos “Reprovados” cometem!

Por fim pedimos ao “Paulo Lisbôa Neto”, que baseado em décadas de experiência profissional em sua área de atuação, nos dê sua opinião pessoal, se o modelo adotado pelo Santos Futebol Clube, pode dentro das particularidades do Futebol, dar certo ou não?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.