Palmeiras marca nos acréscimos e acaba com o sonho Santista de conquistar o Tetra da Libertadores

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras! 

Duas Libertadores seguidas, conquistadas por dois treinadores europeus de nacionalidade portuguesa, duas finais decididas nos acréscimos do tempo normal, dois campeões que conquistaram a Libertadores pela segunda vez!

É muita coincidência para ser superada, até para um clube “Sobrenatural” Como o Santos Futebol Clube!
A Taça Libertadores, também conhecida como “Glória Eterna”, tem um novo dono!
Deixa momentaneamente de ser “Rubro-negra” e passa a ser “Alviverde”  

Aproveitando um cruzamento perfeito, de rara felicidade feito pelo atacante Rony, Breno Lopes que acabara de entrar na partida, foi o responsável por transformar em alegria palmeirense, a única chance clara que o Palmeiras teve durante toda a partida.

Na bola alçada na área Santista, o atacante palmeirense ganhou a disputa no jogo aéreo com o lateral direito Pará, e de cabeça marcou o gol do título da Libertadores, aos 53 minutos e 29 segundos do 2º tempo.  
Terminava aos 98 minutos de bola rolando, uma espera palmeirense que já durava 21 anos!  
O Palmeiras conquistou o seu segundo título de Libertadores, o primeiro havia conquistado em 1999.

Falando do jogo em si, se fosse depender daquilo que Santos e Palmeiras produziram em campo, falando especificamente dessa final, a verdade é que pela bolinha ridícula que jogaram, nenhum dos dois merecia sair vencedor!

Ficha Técnica
Palmeiras x Santos

Local: Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30/01/2021
Horário: 17h00
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Cartão amarelo: Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Soteldo e Alison (Santos);
Cartão amarelo: Gustavo Gómez, Viña (Palmeiras)
Cartão vermelho: Cuca (Santos)
Gol: Breno Lopes
Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Gabriel Menino (Breno Lopes), Zé Rafael (Patrick de Paula) e Raphael Veiga (Felipe Melo); Rony (Emperaur) e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *