Santos sofre apagão e na Vila perde de virada para o Goiás

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Neste último domingo, o Santos recebeu o Goiás na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, e saiu com uma derrota surpreendente pelo placar de 3 a 4.
Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Cuca permaneceu com  45 pontos conquistados e acabou perdendo posições na tabela de classificação, caindo para décima colocação, perdendo mais uma vez a chance de voltar a entrar na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores.

Não foi somente pelo fato de mais uma vez, perder preciosos pontos dentro de casa, pontos que deixariam o Santos novamente na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores! Foi a maneira com que o Santos perdeu para um dos times na degola, novamente ressuscitando um time morto, que não vencia há cinco jogos, e sério candidato ao rebaixamento.

A derrota do Santos por 4 a 3 para o Goiás neste domingo, na Vila Belmiro, veio de forma surpreendente e inesperada, pois o Alvinegro Praiano havia dominado o Goias durante todo o primeiro tempo, chegando a fazer 2 x 0 com Lucas Braga, Kaio Jorge.

A expectativa deixada pelos comandados do técnico Cuca ao deixarem o gramado no intervalo de jogo, era a de uma eminente goleada para cima do time esmeraldino na segunda etapa!
Depois de abrir 2 a 0 no placar, inexplicavelmente o Santos voltou para a segunda etapa, completamente desconcentrado, errando demais, e acabou sofrendo a virada perdendo por 4 a 3. O terceiro gol Santista veio pelos pés de Marinho, em uma cobrança de penalidade Máxima!

E como se uma derrota de virada não bastasse, o Santos voltou a sofrer quatro gols em plena Vila Belmiro, depois de quase 10 anos. A última vez que o Santos havia sofrido quatro gols, foi em julho de 2011, naquela noite mágica em que o Santos perdeu para o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho por 5 a 4.
Naquela noite em que Neymar e Ronaldinho Gaúcho jogaram tudo o que sabiam e mais um pouco, o Santos também saiu na frente impondo um 3 a 0, e terminou derrotado.

O Problema é que diferentemente daquela noite mágica, em que mesmo com a derrota de virada, o torcedor Santista deixou a Vila Belmiro com um sentimento de orgulho pelo grande futebol apresentado, desta vez o sentimento foi de preocupação com as falhas apresentadas, praticamente as vésperas da decisão da Taça Libertadores da América, partida mais importante do ano para o Santos!

Porém antes da decisão que será disputada no Sábado, o Santos ainda entra em campo para enfrentar o Atlético-MG nesta terça-feira, às 20h (de Brasília), no Mineirão, em duelo adiado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 3 X 4 GOIÁS

Local: Vila Belmiro, Santos, SP
Data: 24 de janeiro de 2021, domingo
Hora: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: SANTOS: Luan Peres, Kaio Jorge e Guilherme Nunes.
Cartões amarelos: GOIÁS: Breno, Rafael Moura e Iago Mendonça
GOLS: Santos: Lucas Braga e Kaio Jorge, aos 6 e 37 minutos do 1T; Marinho, aos 41 minutos do 2T
GOLS: 
Goiás: Rafael Moura, aos nove minutos do 2T; David Duarte, aos 14 minutos do 2T; Fernandão, aos 30 minutos do 2T; Rafael Moura, aos 31 minutos do 2T

GOIÁS: Tadeu; Heron, David Duarte e Iago Mendonça; Breno (Taylon), Henrique Lordelo, Shaylon (Indio), Daniel Silva e Jefferson (Vinicius); Fernandão e Rafael Moura
Técnico: 
Glauber Ramos

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)
(Crédito: Imagem: Santos TV/Santos FC)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.