Ao Estilo Muricy Ramalho, Rollo inaugura novos tempos no Santos! “Aqui é trabalho meu filho”

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O dia de ontem, terça-feira 29 de Setembro de 2020, começou para o agora Presidente do Santos Futebol Clube, Orlando Rollo, literalmente às 00h01 das primeiras horas do dia!

Assim que tomou conhecimento do término da reunião do Conselho Deliberativo, realizada em “Sessão Extraordinária”, reunião na qual por votação, os Conselheiros do clube decidiram pelo afastamento imediato do até então presidente José Carlos Peres, por motivo de “Gestão Temerária”, Orlando Rollo imediatamente começou a trabalhar!

Desde os primeiros minutos da terça-feira, o novo presidente do Santos iniciou contatos e tratativas para tentar equacionar as dividas que o clube possui, e que desde março, impedem o Santos de contratar e inscrever novos jogadores, em decorrência de uma punição imposta pela FIFA.
A situação financeira do clube, conforme definição do próprio presidente, é “CATASTRÓFICA”.

Priorizando renegociar as dívidas do Santos, Orlando Rollo passou praticamente a madrugada toda, em tratativas com representantes do Hamburgo (ALE), tentando negociar a divida do clube com os alemães, referente a compra do zagueiro Cléber Reis, ocorrida em 2017, ainda na gestão  Modesto Roma Júnior, e que até hoje não foi paga, além de outra divida, essa pelo não pagamento ao Huachipato (CHI), pela contratação do atacante Soteldo.
Somadas, as dividas chegam praticamente, ao montante de R$ 50 milhões, e apesar dos esforços iniciais, ainda não foi possível se chegar a um acordo, ou alguma previsão para que isso aconteça.

Outro pepino, esse mais recente, trata-se de mais uma denuncia junto a FIFA, desta vez por parte do Clube Atlético Nacional, por conta da contratação do Zagueiro Felipe Aguilar, jogador que inclusive nem joga mais no Santos, pois o clube já vendeu 50% dos direitos econômicos ao Athlético Paranaense, e mesmo após a venda do jogador, não acertou o que deve ao clube colombiano.

Para piorar ainda mais a situação, o clube não possui dinheiro em Caixa, ainda não se sabe ao certo o que tem, e se é que tem alguma coisa a receber, referente a acordos com mídia, televisionamento, patrocinadores, e mesmo a contragosto do presidente, se em último caso tiver que recorrer a venda de (algum ou alguns), jogadores, o clube o fará para quitar as pendências financeiras.
Porém por questão estatutária, sendo esse ano de 2020, ano de eleição no clube, Rollo terá primeiro que contar com a aprovação do Conselho Deliberativo para aprovar essas possíveis vendas.

“Não existe fórmula mágica, não existe solução mirabolante
 A nossa equipe de trabalho está buscando desde hoje de manhã.
Não vou ficar lamentando, vou focar na resolução de problemas”.

Além da preocupação relacionada as dívidas com outros clubes, o Presidente fez questão de durante todo o dia de ontem, estar em contato direto com jogadores, comissão técnica, funcionários e etc.. para coletivamente ou individualmente, colocar às claras a real situação em que encontrou o clube e garantir que ele e sua equipe estão à par das pendencias e necessidades de todos, e irão solucionar o mais breve possível.

Reunido com o elenco do Santos Orlando Rollo procurou passar tranquilidade e transparência no trabalho que será realizado

Com os jogadores Marinho e Pará a resenha Papo Reto sobre Salários e imagens atrasados
Na conversa particular com o novo Presidente Cuca recebeu a garantia de que satisfeitos com o seu trabalho sua saída jamais foi cogitada

Outro anúncio que gerou bastante expectativa, foi em relação a lista dos nomes dos novos componentes do Comitê de Gestão, agora formado pelos Conselheiros:
Alexandre Santos e Silva, Caio França, Eduardo Filetti, Luiz Fernando Cardoso, Mario Badures, Paulo Correa Jr, Raphael Vita, e Mariza Brigido Mendes.

Dona Mariza Brígido Mendes, uma senhora conhecida e respeitadíssima dentro do Conselho Deliberativo, assim com na vida política do Santos, foi convidada por Orlando Rollo para representar o presidente, junto a um “Comitê de Transição” que será composto por um indicado de cada candidato a presidente, para participar efetivamente da gestão!

A convite do presidente, está programado para acontecer na noite de hoje, às 20 horas, na Vila Belmiro, um encontro com dois integrantes de cada chapa!

Acompanhem agora, a coletiva de imprensa concedida pelo Presidente Orlando Rollo.

Inconformado com a derrota que sofreu no Conselho, culminando com seu afastamento do clube e do cargo de presidente, José Carlos Peres entrou com uma ação na Justiça, com um Pedido de Liminar para tentar reverter sua saída.

O agora “Ex-Presidente”, alega em sua defesa que a mudança realizada no Estatuto do Clube, feita para adequar o Santos as normas e exigências do Profut, no que diz respeito ao item que trata do afastamento imediato, foi realizada em 2019. O argumento do dirigente é de que a mudança só valeria a partir da próxima gestão.

Se o Juiz acatar a liminar, teremos mais uma reviravolta nesse caso, acarretando mais e mais prejuízos a já arranhada imagem do clube que desde a entrada da atual gestão, vive mais nas páginas policiais do que na de esportes!

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)
(Crédito: Imagem: Santos TV)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.