Incompetência + Amadorismo = Prejuízos

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Tenho lido nos “Cadernos de Esporte”, e também acompanhado nos “Programas Esportivos”, dos mais variados canais de esporte, que o jogador Costa-Riquenho Bryan Ruiz, tornou-se desde a última segunda-feira (13), um problema “A menos” para a Diretoria do Santos Futebol Clube!
Já me antecipo não só dizendo, mas afirmando mesmo, que discordo completamente desse equivocado pensamento! Penso que o problema está só começando!

Vindo do Sporting-POR, Bryan Jafet Ruiz González, meio-campista costa-riquenho de (34 anos), chegou ao Santos em 11 de Julho de 2018.
O jogador que não teve seu vínculo renovado pelo clube português, assinou um contrato de dois anos e meio com o Santos, vínculo válido até o final de 2020.

Bryan Ruiz com a camisa do Santos, em 2014 — Foto: Reprodução

Destaque e capitão da seleção da Costa Rica que disputou a Copa do Mundo da Rússia, Bryan Ruiz foi contratado pela gestão do atual presidente José Carlos Peres, com o “Status” de craque de Seleção!
Uma espécie de “Cereja do Bolo”
Além do Sporting e da própria seleção de seu país, o meia ainda teve passagens por Alajuelense-CRC, Twente-HOL, PSV-HOL, Gent-BEL e Fulham-ING.

 Contratado para solucionar a falta de um meia armador no meio campo Santista, problema que o Santos ainda enfrenta desde a saída de Lucas Lima para o Palmeiras, Bryan Ruiz jamais mostrou nas poucas vezes em que esteve em campo, ter a qualidade técnica e pior ainda, “Física”, que se esperava dele!
Jornalistas que fazem a cobertura diária dos treinos no CT Rei Pelé, chegaram a noticiar que o jogador, não conseguia acompanhar o ritmo puxado, dos treinamentos aplicados pelos preparadores físicos do técnico Jorge Sampaoli.

Dois anos após desembarcar no Santos como a grande contratação do Presidente, Bryan Ruiz deixa o clube com a marca negativa de entrar em campo em míseros 14 jogos, sendo apenas três como titular, sem ter marcado um gol sequer, e duas assistências!
Alguns poderão argumentar, que o jogador teve poucas oportunidades e só não era aproveitado, por pura opção técnica.
Porém: No mínimo algo de estranho acontecia, pois nesses dois anos e meio em que esteve no Santos, nada mais, nada menos do que quatro treinadores, dirigiram o Santos tecnicamente!
Na ordem: Jair Ventura, Cuca, que foi o que mais o utilizou, Jorge Sampaoli e recentemente Jesualdo Ferreira, nenhum se empolgou muito com o que o rapaz produzia nos treinamentos!

Por outro lado, o Jogador com certeza sai no lucro nessa sua passagem pelo Alvinegro Praiano, algo que lhe rendeu além de ostentar em seu “Curriculum”, uma passagem pelo clube mais famoso do mundo, o que certamente lhe abrirá as portas em qualquer clube do planeta bola, uma bela e poupuda grana, cujo jogador alega lhe deverem, e entrará na justiça para receber!

De acordo com o que foi levantado pela reportagem do Jornal “A Tribuna” periódico da cidade de Santos, a história do jogador que se encerrou na última segunda-feira (13), rendeu aos cofres do clube um prejuízo de aproximadamente R$ 12,5 milhões nos dois anos e meio em que o jogador ficou de “Férias” as custas do Santos!

Não bastasse receber salários no valor de R$ 266.583,47 + o valor das luvas do contrato, que somados chegavam a R$ 512.463,00 mensais, o Santos ainda pagava mais R$ 10.000,00 a título de “Auxílio Moradia”, (Piada né), além de um carro de luxo!
Durante sua passagem pelo Santos, Bryan Ruiz gerou ao clube, um custo absurdo e imoral.
Para o torcedor ter uma idéia, cada uma das 14 vezes que o jogador entrou em campo, a maioria delas por apenas alguns minutos, entraram no seu bolso a pequena bagatela de R$ 400.000,00.
Lembrando que o Peixe segundo o jogador, lhe deve meses em salários e direitos de imagem atrasados, algo que o atleta, já teria avisado que para receber, pretende acionar o clube na Justiça.

O Departamento Jurídico do Santos, que se prepare e trate de ir elaborando uma boa estratégia de defesa, se o clube não quiser ver outro de seus ex jogadores, batendo na porta da FIFA!

Bryan Ruiz publicou uma nota de despedida em suas contas nas redes sociais, alegando que encerra sua trajetória no Santos, cinco meses antes do final de seu contrato, devido a falta de pagamentos e danos morais

                                   Confira, abaixo, a nota oficial divulgada por Bryan Ruiz:

“Depois de dois anos pertencendo ao Santos Futebol Clube, comunico que hoje, 13 de julho, rescindi o contrato que me vinculava ao clube até dezembro de 2020. 

Tomei a decisão respaldado no descumprimento do salário e pelo dano moral que recebi, provocado por decisões administrativas e esportivas que foram tomadas e pelas informações inverídicas que se comunicaram publicamente em diferentes oportunidades por parte da administração do clube, nas quais colocaram em dúvida meu profissionalismo como jogador. 

Meu propósito ao chegar no Santos em julho de 2018 foi poder ajudar ao máximo para alcançar os objetivos em grupo, mas, lamentavelmente, não tive a oportunidade nem confiança para cumprir meu desejo. 

Foi uma honra pertencer a este grande clube, que ocupará um lugar no meu coração; desejo o melhor para o futuro. Agradeço meus companheiros pela amizade e pelo apoio oferecido. Obrigado à torcida, a qual comprovei que é uma das melhores e maiores do mundo.

A partir desse momento sou um jogador livre e desejo continuar a carreira profissional a nível de clube e seleção, em condição física e técnica perfeita.”


Opções erradas, decisões equivocadas, falta de responsabilidade!

Quando você gasta mais do que arrecada, a ineficiência e a incompetência dos gestores causa prejuízos graves aos cofres do clube! Não bastasse a própria inabilidade e amadorismo para dirigir o Santos, o atual presidente não teve ao menos, inteligência e humildade para aprender com os erros do passado!
Quem viu de perto o prejuízo e o fracasso causado com outra contratação equivocada como foi a do “Mico Damião”, não poderia jamais contratar jogadores como Bryan Ruiz, Christian Cueva e etc…

Finalizo a edição de hoje, afirmando que quem acredita que o jogador costa-riquenho Bryan Ruiz, tornou-se desde a última segunda-feira (13), um problema “A menos” na vida do Santos, que se prepare para mais uma bucha que vem por aí!

Mais uma dívida que o próximo presidente irá herdar!

 

 

    

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *