É hora de remarem todos na mesma direção

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Desde que assumiu a presidência do Santos, a perseguição mesquinha e doentia, são a marca registrada de um presidente vingativo e completamente despreparado, que pensa em tudo, menos no Santos!

Na verdade, em menos de três anos, esse Senhor que ao final de seu mandato, não deixará saudade nenhuma no torcedor Santista, destruiu uma engrenagem que demorou anos para ser construída!
Por pura perseguição e ranço politico, grandes funcionários do Clube, funcionários que acima de tudo, eram Santistas de raiz e amavam o clube, foram sumariamente despedidos!

Já passou e muito da hora, das pessoas entenderem que o Santos não pertence ao Presidente José Carlos Peres, ao Grupo Gestor, assim como no passado, não pertenceu ao Odílio Rodrigues, ao Luiz Álvaro, ao Modesto Roma, Athiê Jorge Coury, Rubens Quintas Ovalle, Ernesto Vieira, Manuel dos Santos Sá, Antônio Aguiar Filho, Samir Abdul-Hak, Miguel Assad, Milton Teixeira, Miguel Kodja, Marcelo Teixeira, ou quem quer que tenha sido o Presidente!
O Santos pertence a todos nós torcedores e associados, que desde pequenos aprendemos a amar este clube!
Com ele sorrimos nas conquistas, choramos abraçados nas derrotas mas em qualquer circunstância sempre estivemos ao lado do Santos! 

O que estou querendo dizer, é que todos nós sabemos muito bem o buraco em que nos encontramos, a inviabilidade econômica em que o clube se encontra depois de gastos exacerbados desta gestão, e neste momento, a única coisa que a mim importa, é salvar o nosso Santos!
E salvar o Santos, significa que não há nenhuma outra alternativa que não seja a união dos verdadeiros Santistas para salvar o Clube!

O trabalho que o presidente de um clube de futebol, em muitos casos é obrigado a fazer, é muitas vezes inglório, já que o estado do clube pode estar já tão degradado, que sozinho, se torna difícil fazer uma boa obra.
Por isso que sabedores da realidade em que atualmente o Santos se encontra, se reforça cada vez mais a certeza de que somente a união conjunta de todos, ainda que no passado pudessem ter sido rivais políticos, ou mesmo que apenas tivessem ideias e pensamentos diferentes, pode tirar o clube da delicada situação em que se encontra!

O Santos pertence a todos nós torcedores e associados, que desde pequenos aprendemos a amar este clube!

Os problemas podem ser dos mais diversos possíveis, porém as soluções precisam ser sempre desenvolvidas em equipe.
O insucesso na administração de um clube, jamais acontece ao acaso.
Normalmente os erros que são cometidos e que levam os clubes ao fracasso, começam a ter seu desfecho revertido quando se encontra os causadores da desgraça financeira!
Daí em diante, o correto a fazer, é limpar a casa o mais rapidamente possível.

É fundamental saber quem são os rostos do insucesso, e isso sabemos muito bem, e substituir todos os que demonstraram completa incapacidade para administrar o clube!

Esta é a hora de reestruturar o Santos Futebol Clube!

É preciso coragem para priorizar o ajuste das contas do clube, e termos pessoas unidas e convictas em deixar de lado qualquer tipo de ambição pessoal, algo do qual estamos reféns há anos.

O Santos é como uma canoa navegando em um Mar revolto!
Se os tripulantes dessa canoa não se conscientizarem a tempo, de que só evitarão que a canoa afunde se trabalharem juntos, a canoa irá afundar e todos morrerão afogados!  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.