Erros decretam tropeço no Maracanã

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Lutando por uma vaga no G-4, o Santos futebol clube não conseguiu neste último domingo, realizar uma grande partida e acabou sendo derrotado pelo Tricolor das Laranjeiras no Maracanã, em partida válida pela 18ª rodada do Brasileirão pelo placar de 3 a 1.

 Luccas Claro, Nino e Marcos Paulo marcaram para o Flu, enquanto o jogador Marinho descontou para o Peixe
Com o resultado, o Fluminense ultrapassou o Santos, assumindo a quarta colocação com 29 pontos, enquanto o Alvinegro Praiano caiu para a sexta colocação, com 27 pontos.

Com dois volantes no meio de campo, (Diego Pituca e Jobson), e três Zagueiros, ( Lucas Veríssimo, Laércio e Luan Peres), esse último fazendo a lateral esquerda, o Técnico Cuca surpreendeu a todos, ao entrar em campo com um esquema com três zagueiros.
Não demorou muito para o torcedor perceber o lamentável equívoco do treinador Santista.

Nitidamente sem meio de campo, setor totalmente dominado pelo Fluminense, a bola não parava dois minutos que fosse, nos pés dos Santistas!
Os jogadores do Santos encontravam muita dificuldade na troca de passes e na hora de realizar jogadas de passagem e transição da defesa para o ataque!

O time não conseguia se encontrar em campo, devido a formação equivocada com a qual entrou na partida!
A Salada feita pelo treinador Santista, com uma escalação e postura equivocada, desfigurou completamente a equipe.
Jogadores fora de posição, e um esquema tático que comprovadamente já provou não dar certo no Santos, aliado ao fato de que mais uma vez o Santos sofreu prejudicado com erros de arbitragem, decretaram a derrota pelo placar de 3 a 1.

Honestamente não consigo entender, o porquê da insistência dos treinadores que passam pelo Santos, em teimar de escalar em alguns jogos, o time com três zagueiros!
Posso estar equivocado, mas em 99% dos jogos que assisti o Santos entrando em campo com a formação com três Zagueiros, a defesa bateu cabeça, não se encontrou e perdemos alguns jogos até mesmo sofrendo goleadas!
Vale lembrar que o próprio Quarto-Zagueiro Luan Peres, confessou o pouco tempo que houve para o time treinar esse esquema!

“Todo mundo sabe que a gente tem pouco tempo para treinar. Quarta e domingo é Libertadores, Brasileirão, agora vai começar a Copa do Brasil. Então, a gente teve um ou dois treinos de adaptação para esse esquema de três zagueiros, eu fazendo uma lateral.

Na segunda etapa, o treinador Santista abriu mão do esquema com três zagueiros, e na volta do intervalo já voltou com o meia Arthur Gomes no lugar do Zagueiro Laércio.
Porém: Equivocadamente, Cuca manteve o jogador Marinho que normalmente tem suas grandes atuações jogando pelos flancos, caindo em velocidade pelo lado direito, o manteve centralizado pelo meio, atuando como um falso centroavante, no lugar normalmente ocupado pelo Kaio Jorge!

O Fluminense que não tinha nada com os erros do técnico Santista, continuou pressionando a defesa do Santos que continuava batendo cabeça, e administrou uma vitória que se não fosse por dois erros da arbitragem que anulou dois gols legítimos do Santos, teria se transformado em um empate!
Não bastassem os erros nos gols mal anulados, o Santos entende que a equipe do Fluminense deveria ter tido no mínimo um jogador expulso, por uma entrada dura que por trás, atingiu o jogador Soteldo que poderia ter sofrido uma contusão séria ou até mesmo uma grave fratura!

O Presidente do Santos Futebol Clube “Orlando Rollo”, fala da insatisfação da direção do Clube, em relação aos constantes erros de Arbitragem nas partidas do Santos! 

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 X 1 SANTOS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de outubro de 2020
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RJ)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau (RJ)
VAR: Daniel Nobre Bins (RJ)
Cartões amarelos FLUMINENSE: Michel Araújo, Dodi, Wellington Silva, Hudson, Fred
Cartões amarelos SANTOS: Felipe Jonatan, Arthur Gomes, Luan Peres, Jean Mota
Gols: FLUMINENSE: Luccas Claro, aos 28min do 1º tempo; Nino, aos 10, e Marcos Paulo, aos 47 min do 2º tempo
Gols: SANTOS: Marinho, aos 35min do 1º tempo
FLUMINENSE: Muriel, Igor Julião, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Hudson, Dodi, Michel Araújo e Nenê (Marcos Paulo); Caio Paulista (Ganso) e Fred (Yuri)
Técnico: Odair Hellmann

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira, quando as 16h (de Brasília), recebe na Vila Belmiro o Ceará pela Copa do Brasil.
Pelo Brasileirão, o Santos volta a jogar no próximo sábado (31), às 19h (de Brasília), quando recebe o Bahia também na Vila Belmiro.

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.