“Onde Há Fumaça Há Fogo”

      Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Quem em algum momento da vida, já não ouviu pelo menos uma vez, o ditado: “Onde Há Fumaça Há Fogo”?

Pois bem: Parece que um dos ditados mais antigos e conhecidos, vai se confirmando tão certo quanto verdadeiro!
Aquilo que grande parte da torcida do Santos temia, parece cada dia mais próximo de se tornar realidade!
Declarações que vem sendo dadas tanto por parte da Diretoria do Santos, como pelo lado do próprio treinador Santista, tem deixado nítido que embora exista um contrato que vai até o final de 2020, culminando com o final da Gestão do Presidente José Carlos Peres, a verdade é que neste momento, nem clube nem treinador, garantem que esse casamento “Santos-Sampaoli”, vai completar sequer um ano!

 O risco de perder Jorge Sampaoli ainda neste ano, algo antes nem inimaginável, agora é real.
As especulações a respeito de uma possível saída do treinador Argentino, especulações que tomam corpo a cada dia, ganharam recentemente mais um capítulo importante neste sentido!

O Blog Sergio Bertoldi, apurou junto a uma fonte confiável e de total credibilidade, que o Comitê de Gestão do Santos decidiu em votação realizada nesta segunda-feira, aceitar um pedido do treinador para retirar a multa rescisória do segundo ano de contrato, multa estimada em 10 milhões

Sampaoli já havia solicitado a retirada da multa, porém na época, há cerca de dois meses, o Comitê de Gestão votou contra o pedido.
O Blog ainda apurou, que apenas dois membros do Comitê de Gestão foram contrários a que essa multa fosse retirada, os Conselheiros Fabio Gaia e Estevam Juhas

Não é preciso ser muito esperto para concluir que quando uma multa contratual é amigavelmente retirada, isso significa que ambas as partes entraram em acordo para facilitar um possível rompimento, por conta do desgaste da relação clube-treinador!
A verdade é que sinais claros de que essa parceria Santos-Sampaoli, tinha os dias contados, vem sendo dados em “Conta Gotas”, já faz algum tempo!

Montando uma cronologia, se nos recordarmos de declarações, trocas de farpas, desmentidos e desentendimentos de um lado e de outro, tudo levaria a um desfecho pouco favorável.
Não demorou muito para o técnico Jorge Sampaoli, descobrir que pouco ou quase nada do que lhe havia sido prometido, era sequer verdade ou existia!

Sampaoli parece enfim ter enxergado a realidade nua e crua, de um clube que pela fama e grandeza que tem até internacionalmente, ele (Sampaoli), acreditava encontrar em um outro patamar!
Logo as promessas do presidente, foram caindo em descrédito, e o treinador se deu conta de que o Santos não tem dinheiro para montar um time que possa no momento atual ou em um futuro próximo, rivalizar com clubes como o Flamengo, pelo “Protagonismo” Sul-americano!

Jorge Sampaoli sabe que para a temporada que vem, (2020), o Santos não terá condições financeiras de lhe oferecer grandes contratações, nem a garantia de grandes investimentos!
Após o clássico contra o Corinthians no último final de semana, o treinador voltou a deixar o futuro em aberto!
“”Não tenho claro. Tenho que ter claro sobre o que o clube quer fazer no próximo ano, um planejamento comigo, se eu posso ser útil para o projeto que estarei.” “Se não for útil, não estarei”.

Sampaoli ainda reiterou que não chegou a conversar com o presidente Peres sobre a continuidade do seu trabalho ou não. “O presidente diz que quer que o time seja campeão no ano que vem, mas também diz que não haverá grandes contratações, porque o clube tem inconvenientes econômicos.”
Porém o técnico Jorge Sampaoli já deixou claro em suas declarações, que se não houver uma grande reformulação com a chegada de jogadores importantes para a formação de um elenco que possa brigar por títulos, ele fará as malas.

Para piorar, o treinador teria sinalizado para a Diretoria do Santos, que recentemente foi sondado por um clube espanhol para retornar ao futebol Europeu.
Embora o nome do clube em questão venha sendo mantido em sigilo, sabe-se que a oferta feita ao treinador, giraria em torno de 3 milhões de euros (R$ 13,3 milhões), de salários por temporada.

Duas coisas me preocupam e muito, ao analisar esse panorama que se desenha:
Primeiro: Caso Jorge Sampaoli venha mesmo deixar o Santos, o que o clube irá fazer com um elenco recheado de gringos indicados por ele, jogadores que custaram caro, jogadores com contratos longos, (Erro de Amadorismo absurdo), Jogadores que recebem altos salários, jogadores indicados por especificamente, se encaixarem na filosofia de trabalho do treinador, e que podem causar ao clube, os mesmos problemas que o Palmeiras enfrentou quando fez exatamente a mesma coisa, quando encheu o elenco de gringos pedidos pelo também treinador Argentino “Ricardo Gareca”?

Segundo: A Diretoria vai deixar chegar a última rodada do Campeonato Brasileiro, para começar a pensar na programação do ano que vem?
Ou irão esperar 31 de Dezembro para começar a pensar no time e em quem será o treinador para 2020, caso o “Amor pelo Balón”, pique mesmo a mula?

Não sei o que irá acontecer mas de uma coisa eu sei:
Santos Futebol Clube e Jorge Sampaoli, precisam o quanto antes definirem o que querem da vida em 2020!
Qualquer demora nessa definição, acarretará prejuízos imensos ao Santos, pois dependendo do desfecho desse “fica não fica”, do Treinador, começaremos o planejamento para o ano que vem, bastante atrasados em relação a tudo e a todos!

Seja como for, 2020 já se projeta como um ano bastante preocupante e incerto, não bastasse ser um ano de eleições no clube!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.