Jogando em casa contra o Internacional Santos não vai além de um empate e soma sua sexta partida sem vitória

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Jogando pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, Santos e Internacional-RS se enfrentaram na noite desta quarta-feira (8), às 21h30 (de Brasília), quando no Estádio Urbano Caldeira, conhecido como “Vila Belmiro”, Santistas e Gaúchos não conseguiram ir além de um empate em 1 a 1.

Lucas Braga, pelo Santos e Bruno Méndez pelo Inter, fizeram os gols da partida. O tropeço em casa resultou na queda de uma posição para o Alvinegro Praiano que caiu da nona para a décima posição, agora com 13 pontos em 30 disputados, cerca de 43,3% de aproveitamento.

Sem poder contar com os atacantes Marcos Leonado, convocado pela Seleção Brasileira Sub-20, e Jhohan Julio, poupado da partida por ter sentido no último jogo, um desconforto muscular na coxa direita, Angulo e Goulart foram os escolhidos pelo técnico Fábian Bustos para serem os titulares.

PITACOS DO BERTOLDI

O Santos não fez uma partida ruim, porém esbarrou em alguns pontos que continuam sendo os pontos negativos da equipe, como alguns momentos em que parece que dá um “Apagão Geral” na equipe.
Outro ponto que tem atrapalhado bastante a equipe Santista, são os erros na hora da chamada “Última Bola”. Os atacantes do Peixe têm falhado na hora da definição das jogadas, e isso tem sido crucial, principalmente em partidas onde o adversário tem uma boa postura, uma boa colocação defensiva, dificultando muito as ações ofensivas do Santos!
Por esse motivo, não se pode perder chances de matar a partida quando as mesmas são muito reduzidas!

Um ponto importante que eu penso que notoriamente precisa ser trabalhado, é o emocional dos jogadores!
Mais uma vez os jogadores demonstraram o quão incomodados estão em relação a Arbitragem, com mais um gol anulado por intervenção direta do VAR. Aos 28º da primeira etapa, o Peixe saiu na frente no placar em uma cabeçada do zagueiro Eduardo Bauermann, porém o gol acabou sendo anulado após o VAR apontar posição de impedimento do defensor Santista.

É nítido que erros de arbitragem que realmente tem sido recorrentes nos jogos do Santos, estão incomodando e desestabilizando de maneira absurda, os jogadores do Peixe!
A equipe perde completamente o foco e se desestabiliza emocionalmente, se preocupando demais com algo que já parece que colocaram na cabeça, que é uma pretensa “Perseguição”, um “Complô” para prejudicar o Santos!
Se existe ou não existe, quem tem que cuidar disso é a Diretoria do Clube!
Os jogadores precisam estar preparados emocionalmente, para lidarem com esse tipo de situação dentro de uma partida e não se deixarem ser afetados pelo emocional.
E vou mais além: Está na hora da Diretoria chamar o Técnico Fábian Bustos, e orienta-lo a parar de em todas as coletivas pós jogo, culpar a Arbitragem pelo insucesso do time! O Próprio treinador, está corroborando para com que os seus jogadores, já entrem em campo com esse pensamento de que façam o que for, são sempre roubados!

Pela próxima rodada, a 11ª, o Santos entra em campo no sábado (11). às 19h00 (de Brasília), contra o Atlético Mineiro fora de casa no Mineirão em BH, em busca de sua primeira vitória fora de casa, além de fazer as pazes com a vitória que já não acontece há seis jogos!

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 1 INTERNACIONAL
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 8 de junho de 2022, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelosMadson, Rodrigo Fernández (Santos)
Cartões amarelos: Edenilson (Inter)
GOLS: Lucas Braga, aos 18 do 2ºT (Santos); Bruno Méndez, aos 25 do 2ºT (Inter)
SANTOS: João Paulo; Madson, Maicon, Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Zanocelo e Goulart (Lucas Barbosa); Jojhan Lucas Braga, Angulo (Rwan) e Léo Baptistão (Bruno Oliveira)
Técnico: Fabián Bustos
INTER: Daniel; Bustos (Bruno Méndez), Vitão, Mercado e Renê; Gabriel, Edenilson (Maurício), Carlos de Pena e Alan Patrick (Taílson); David (Alemão) e Pedro Henrique (Dourado).
Técnico: Mano Menezes

Acompanhe a Coletiva com o Técnico Fabian Bustos

(Credito de Imagem: Maurício de Souza/DiáriodoLitoral/Estadão)
(Crédito: Imagem: SantosTV/Divulgação/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.