Santos contrata atacante mas depende de uma liberação da FIFA para coloca-lo em condições legais de jogo

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Leonardo Carrilho Baptista, mais conhecido como Léo Baptistão, é mais um dos jogadores que a Diretoria do Santos, vem anunciando nos últimos dias como reforços para o elenco Santista!
Nascido em Santos, em 26 de agosto de 1986, Baptistão é um atacante destro, de boa estatura, 1.85, que em 2006 começou a jogar futebol nas categorias de base da Portuguesa Santista, no Sub-15, onde permaneceu até 2008.

Naturalizado espanhol e italiano, com apenas 16 anos mudou-se para a Espanha e se juntou às categorias de base do Rayo Vallecano.
No futebol Espanhol, Leonardo Baptistão ainda jogou no Villarreal, Real Betis, e foi campeão espanhol na liga 2013–14 pelo Atlético de Madrid
Desde 2019 o atacante vinha jogando no futebol chinês no Wuhan Football Club, , da cidade de Wuhan, Hubei, na China.

Antes de ser contratado pelo Santos, o jogador deixou o Wuhan, da China, em meio a um litígio com o clube por conta de atrasos salariais.
Sem receber nos últimos meses, o jogador primeiramente procurou os Dirigentes chineses, e os notificou quanto ao seu descontentamento com a situação.
Passados 15 dias e ainda sem salário, nem solução alguma para suas reivindicações, o atacante recorreu à FIFA para pedir a rescisão de seu contrato por quebra unilateral do vínculo.

Mesmo já tendo feitos exames médicos, acertado valores salariais, em torno de R$300 mil por mês, e estando inclusive integrado ao elenco e treinando com seus novos companheiros, o atacante ainda não pôde assinar contrato com o Santos, pelo fato do clube necessitar, do Certificado Internacional de Transferência (ICT, sigla de International Transfer Certification) para acertar o registro na CBF, e consequentemente a liberação do Wuhan para assinar o contrato.

Caso aconteça do Santos solicitar o documento à Associação Chinesa de Futebol (CFA), e venha a receber uma resposta negativa, com a justificativa de que o atacante ainda tem contrato com o clube chinês, a Diretoria do Santos pode recorrerá à FIFA para acelerar o processo.
A verdade é que o caso, não pode impedir o atacante de atuar, apenas atrasar o seu registro na CBF.

PITACOS DO BERTOLDI 

Enxergo a questão da contratação desse jogador Léo Baptistão, e todo o imbróglio que envolve essa negociação, que é o fato de o jogador ter abandonado o clube chinês no qual jogava, com uma certa preocupação com o que essa história pode causar ao Santos Futebol Clube!

A questão é que o caso me parece um tanto semelhante ao imbróglio que envolve o próprio Santos com o ex jogador Cueva!
Assim com o jogador agora contratado pelo Santos, abandonou o clube chinês, alegando atrasos de salários e falta de pagamentos, o mesmo fez o Cueva em relação ao Santos, quando assinou com o Pachuca, do México!
Vale lembrar que condenados pela FIFA em primeira instância, o peruano Christian Cueva e o Pachuca, do México, terão que pagar uma multa de R$ 37,6 milhões ao Santos por quebra unilateral do contrato.

Pergunto: E se o Clube Chinês, fizer o mesmo, recorrendo a FIFA contra o Santos?
Isso pode acontecer? O Santos corre esse risco?
Para entender corretamente esse caso e esclarecermos essa dúvida, conversamos com o Advogado Rafael Cobra de Toledo Piza, especialista em Direito Desportivo, e Sócio no escritório “Cobra & Gazolla Sociedade de Advogados”, que gentilmente nos atendeu, gravando o áudio que os leitores poderão conferir logo abaixo, onde o Doutor Rafael Cobra presta importantes esclarecimentos sobre a questão envolvendo a contratação do atacante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.