No clássico alvinegro deu Santos pela sétima vez!

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Jogando pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, em partida adiada por conta da final da Copa Libertadores, Santos e Corinthians se enfrentaram na noite desta quarta-feira (17), às 19h00 (de Brasília), quando no Estádio Urbano Caldeira, a mundialmente famosa “Vila Belmiro”, Santistas e corintianos não conseguiram realizar uma partida digna da grandeza que a história desse clássico merece, mas ainda assim, a vitória magra por apenas 1 a 0, com gol marcado pelo garoto Marcos Leonardo, foi suficiente para manter bem acesas, as chances do Alvinegro Praiano conquistar a tão sonhada vaga para disputar a Libertadores de 2021. 

Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Cuca chegou aos 53 pontos conquistados, subindo da 10º para a oitava colocação na tabela de classificação, dependendo apenas de suas próprias forças para continuar dentro da zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores.
Se vencer a equipe do Fluminense no próximo domingo, em partida que também será realizada na Vila Belmiro, o Santos pode garantir sua classificação sem depender de repente, de ter que vencer o Bahia fora de casa na última rodada do Brasileirão!
Com o gol assinalado pelo atacante Marcos Leonardo, o Santos não apenas conquistou uma vitória frente ao Corinthians, mas sim a sétima vitória seguido do Peixe em clássicos contra o rival no Alçapão da Vila.

Não bastasse isso e o garoto de apenas 17 anos, entrou para a história do Santos pois ao balançar as redes corintianas, Marcos Leonardo assinalou o gol de nº 1000 na história do Santos em Campeonatos Brasileiros!

O Corinthians iniciou o clássico jogando melhor do que a equipe Santista e logo nos primeiros minutos de partida, criou duas chances contra o Santos. Com apenas dois minutos de jogo, o goleiro João Paulo já foi exigido sendo obrigado a espalmar um perigo chute do jogador Matheus Vital.

Dois minutos depois, o corintiano Gustavo Mosquito que lançado em velocidade poderia levar muito perigo a meta Santista, só não teve êxito porque foi travado pelo Zagueiro Luan Peres antes de ficar cara a cara com o goleiro João Paulo.
Aos 11 minutos de jogo, a Vila Belmiro sofreu um apagão com a energia do estádio sendo retomada 16 minutos depois. Se a luz voltou, o mesmo não se pode dizer do ritmo da partida que caiu e muito!

O Santos voltou para a segunda etapa, decidido a buscar a vitória que manteria a busca pela vaga à Libertadores, bem mais perto de ser concretizada!
Não satisfeito com o rendimento do time na primeira etapa o técnico Cuca mexeu na equipe, promovendo a entrada do jogador Soteldo na vaga de Ivonei, uma alteração que deu outro ritmo a equipe, mudança fez com que a ofensividade do Santos voltasse a fazer a diferença quando aos seis minutos, o venezuelano recebeu um passe do companheiro Marinho, invadiu a área e chutou forte, exigindo a defesa do Goleiro Cássio.

O gol do Santos não demoraria a sair e aos dez minutos da segunda etapa, Soteldo recebeu na entrada da área e chutou colocado, Cássio rebateu e a bola sobrou para Marinho. O atacante chutou cruzado e o centroavante Marcos Leonardo, sempre bem posicionado e com faro de gol, apareceu livre na área para empurrar para o gol fazendo assim o seu quarto gol no Brasileirão, sendo o terceiro em jogos seguidos.

Depois de sofrer o gol, o Corinthians até tentou partir para o ataque, mas insistiu nos cruzamentos na área Santista, porém milagrosamente a defesa do Santos se portou magnificamente não perdendo uma jogada pelo alto, além do goleiro João Paulo que mais uma vez mostrou muita segurança.
A única observação a se fazer em relação ao Goleiro Santista, seria no sentido de melhorar sua saída de bola nos tiros de meta mais longos!

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 x 0 CORINTHIANS

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 17 de fevereiro de 2021, quarta-feira
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Evandro de Melo Lima e Luiz Alberto Andrini Nogueira (Ambos de SP)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Cartões amarelos: Não Houve
GOL: Santos: Marcos Leonardo, aos 9 minutos do 2T.

CORINTHIANS: Cássio, Michel (Gabriel Pereira), Jemerson, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Cantillo, Gustavo Mosquito (Cazares), Araos (Otero) e Mateus Vital (Ramiro); Léo Natel (Jô)
Técnico: Vagner Mancini

Pelo Brasileirão, o Santos volta a jogar no próximo sábado (31), às 19h (de Brasília), quando recebe o Bahia também na Vila Belmiro.

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)
(Crédito: Imagem: SantosTV/Santos FC)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.