Em noite histórica os Conselheiros do Santos Futebol Clube honram a confiança neles depositada

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O Conselho Deliberativo do Santos Futebol Clube, esteve mais uma vez reunido em caráter de “Sessão Extraordinária”, Edital 28.09.20, sessão que foi realizada na noite desta última segunda-feira 28 de Setembro de 2020, com primeira convocação às 19h00 e segunda convocação às 19h30, em assembleia que em decorrência da Pandemia Covid-19, foi mais uma vez realizada em formato virtual digital, (Videoconferência)

A Reunião teve como finalidade colocar em votação, o parecer que já havia sido dado pela Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS), que anteriormente já recomendara a reprovação das contas de dois exercícios, (2018 e 2019), contas essas já reprovadas, e agora a votação trataria do afastamento imediato do Presidente José Carlos Peres, por motivo de “Gestão Temerária” Atendendo inclusive o que orienta o PROFUT.

Conduzida de maneira irretocável, a reunião que determinou através de votação, o afastamento do Presidente José Carlos Peres, teve à sua frente o Presidente do Conselho Deliberativo, o senhor Marcelo Teixeira! 

Atendendo o clamor da torcida, os Conselheiros votaram acolhendo o entendimento e orientação da CIS, e quase que unanimemente decretaram a saída imediata do auto mandatário do Clube!

Confira o resultado final da votação:

  • 176 Conselheiros votaram;
  • 161 Conselheiros votaram pela saída imediata do Presidente
  • 06 Votaram contra;
  • 09 Se abstiveram de votar.

O resultado da votação, torna a imputar ao Presidente Peres, mais uma dura derrota dentro do Conselho Deliberativo.
De acordo com o que reza o Parágrafo Segundo do Artigo 18, a decisão tomada em votação realizada na noite de ontem, tem validade imediata, dando assim ao atual vice-presidente Orlando Rollo, o direito de a partir da data de hoje, 29 de Setembro de 2020, terça-feira, já assumir o Clube como “Presidente”
Existe a expectativa de que nas próximas hora o agora presidente Orlando Rollo, anuncie oficialmente o nome dos novos Gestores, pessoas de sua confiança!

Além do agora “Ex Presidente José Carlos Peres”, todo o Comitê de Gestão foi destituído, deixando seus cargos, os gestores: Anilton Perão, Bruno Carbone, Estevam Juhas, Fábio Gaia, Matheus Rodrigues, Paulo Schiff e Pedro Dória.

Confira os motivos que resultaram no afastamento imediato de José Carlos Peres do posto de auto mandatário do clube:

Mesmo apresentando um “Suposto” superavit de R$ 23,5 milhões, em decorrência da venda do jogador Rodrygo Góes ao clube espanhol Real Madrid, os Conselheiros em maioria esmagadora, deram anuência ao parecer elaborado pelo Conselho Fiscal, que orientava, indicava a reprovação das contas, baseados em irregularidades, prestações não dadas ou mal explicadas, como por exemplo: A negociação envolvendo a venda do jogador Bruno Henrique ao Flamengo, o pagamento de comissões a agentes como a que foi paga ao filho do empresário Renato Duprat, o uso indiscriminado, do cartão corporativo para fins pessoais, (O que estatutariamente é vedado), assim como o não pagamento, da parcela do acordo com a Doyen que deveria ter sido quitada em setembro do ano passado, o crescente endividamento do clube, punições impostas pela FIFA por dívidas contraídas junto a outros clubes e não pagas pelo Santos, recorrentes prejuízos causados a imagem do clube e etc..

Tudo isso somado, foi o suficiente para caracterizar uma “Gestão Temerária” resultando no pedido de afastamento do presidente e um eminente terceiro processo de impeachment
O afastamento imediato do até então Presidente Peres, vale por um período de 60 dias, tempo no qual Marcelo Teixeira, tem para convocar  uma Assembleia Geral de sócios, para confirmarem ou não, a decisão dos conselheiros.

Desta forma, Orlando Rollo que assume o cargo de Presidente do Santos, comandará o clube até que a situação se defina!

 De qualquer maneira, o resultado da votação da noite de ontem, foi amplamente comemorado pela torcida Santista, que desde antes do início da reunião, realizava protestos junto aos portões principais do Estádio Urbano Caldeira.

 

O presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Teixeira, precisou inclusive dirigir-se ao local, para solicitar a colaboração dos torcedores que devido aos ruidosos protestos, atrapalhariam a condução da reunião, que virtualmente seria comandado pelo Presidente do Conselho, da própria Vila Belmiro!

 

Ao mesmo tempo em que comemora o afastamento do pior presidente que o Santos Futebol Clube, já elegeu em toda a sua história, o torcedor Santista espalhado por todo o país, deve estar perguntando: “Mas e agora? Faltando três meses para acabar o ano, e consequentemente a gestão Peres, o que o recém declarado presidente Orlando Rollo, pode fazer perante a situação caótica em que o clube se encontra?

Amigo leitor: Efetivamente em relação a situação em si, principalmente a financeira, a não ser que o novo presidente tenha alguma carta na manga, algo que desconhecemos, ou como dizem: “Tire algum Coelho da Cartola”, nada ou quase nada!!!

Ah Bertoldi! Mas então não muda nada? Claro que muda!

  1. Trata-se (Orlando Rollo), de alguém que sabemos que tem profundas raízes e identidade junto ao Clube!
  2. Uma pessoa correta, honesta, e que quer o bem do Santos!
  3. Tem um preparo excepcional para exercer o cargo, pois mesmo arbitrariamente tendo sido boicotado em tudo pelo senhor Peres, ainda assim jamais deixou de se atualizar, período em que foi buscar um aperfeiçoamento realizando uma série de cursos em gestão esportiva.
  4. Aqui eu destacaria, o principal motivo pelo o qual o torcedor Santista, tem motivos para entender a importância da entrada do Rollo na presidência do clube. Podemos dizer que a situação real do clube, “A verdadeira mesmo”, essa ninguém conhece! Somente agora, estando dentro do clube e tendo acesso ao que sempre lhe foi negado, é que o Orlando Rollo, descobrirá os “Esqueletos escondidos nos armários de Vila Belmiro”

Rollo já declarou que pretende juntar os grupos, convidando todas as correntes a participar da transição de modo transparente, para que o próximo presidente já possa assumir o Clube em janeiro, com total conhecimento da situação e sabendo o que encontrará pela frente!
Demorou mais do que devia, mas se Deus quiser o Santos finalmente irá entrar em uma nova Era!!!

Afastado pelo Conselho Deliberativo do Clube, em reunião realizada na noite de ontem, 28 de Setembro de 2020, o agora ex presidente José Carlos Peres já deve ter sido oficialmente comunicado via Ofício nº 112_20 – CD – afastamento José Carlos Peres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.