Santos vence o Sport fora de casa e quebra um tabu que já durava 11 anos

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Em partida válida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020, o Santos Futebol Clube foi até a Ilha do Retiro, em Pernambuco, para enfrentar a equipe do Sport, onde não vencia o adversário em seus domínios fazia 11 anos.

A vitória pelo placar de 1 x 0 com gol assinalado pelo atacante Marinho, foi a primeira do Alvinegro Praiano contra os pernambucanos em sua casa, desde 2009.
O Santos que buscava sua primeira vitória fora de casa no Brasileirão, tem muito o que comemorar!

Vencer fora de casa, já é tarefa complicada em se tratando de campeonato brasileiro, e quando o time vai para o confronto com desfalques, aí é que a coisa complica de vez!
Nada mais, nada menos do que seis jogadores, não viajaram para a capital pernambucana. Vladimir, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe, Anderson Ceará, Uribe e Raniel permaneceram em Santos realizando tratamento no Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol (CEPRAF).

Com a vitória, o Santos soma seu segundo triunfo no Brasileirão da Série A, e chega ao quinto lugar com sete pontos ganhos.
Aos poucos o recém-chegado técnico Cuca, vai mesmo com pouquíssimo tempo, conseguindo dar um padrão de jogo ao time que ainda apresenta problemas e muito ainda a evoluir.

A proibição imposta ao Santos pela FIFA, com relação a impossibilidade de contratar jogadores, meio que obrigou o clube a se reinventar e procurar alternativas possíveis! Como dizem que a “Criatividade”, é a Mãe da “Necessidade”, Jogadores como o Goleiro João Paulo, o Zagueiro Alex, o atacante Marcos Leonardo, o meia-atacante Ivonei, o atacante Lucas Braga e Taílson, são alguns dos jogadores que dificilmente, teriam chances reais de lutar por uma vaga no time, se o Santos pudesse contratar jogadores vindos de fora.
E é com a garotada da base, que o técnico Cuca vai aos poucos, descobrindo com quem vai poder contar de verdade!

Por enquanto os “Calouros Santistas”, parecem estar indo bem no vestibular do Professor Cuca

Embora a garotada que tem entrado no time, venha dando conta do recado, Cuca sabe que jogadores com mais rodagem como Pato Sanches e Diego Pituca, são importantes para nesse momento de transição dos garotos, lhes dar apoio e confiança!
Por esse motivo que mesmo não estando em boa fase tecnicamente, Sanches e Pituca vem sendo mantidos na equipe titular!
Cuca confia que em breve, os dois jogadores voltarão a reeditar o bom futebol que apresentaram em 2019, sendo importantes na conquista do vice-campeonato brasileiro.

Na próxima rodada, o Peixe faz o clássico contra o Palmeiras, no Morumbi, Domingo dia 23, às 16h (horário de Brasília).
Com uma inflamação no pé direito, o Goleiro Vladimir continuará fora da equipe, desfalcando o Santos contra o Palmeiras, enquanto o Zagueiro Lucas Veríssimo, com um corte no joelho esquerdo, segue como dúvida, dependendo de um ok do Departamento Médico, para ser liberado para o clássico de Domingo!
Caso também seja vetado, o técnico Cuca poderá optar em escalar o jovem zagueiro Alex, recém promovido da base, ou recuar o volante Álisson para a Zaga.

Com essas alterações, o técnico Cuca poderá escalar o Santos para o clássico com o Palmeiras, com essa possível formação: João Paulo, Pará, Lucas Veríssimo (Alison), Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Soteldo e Kaio Jorge.  

FICHA TÉCNICA
SPORT-PE 0 X 1 SANTOS
Estádio: Ilha do Retiro – Recife (PE)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Cartões amarelos: Adryelson, Bruno Roberto, Ronaldo e Iago Maidana (Sport); Soteldo e Lucas Braga (SFC)
GOL:  0-1 Marinho (31’/2T)
SPORT-PE: Mailson; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Luciano Juba (Sander, 26’/2T); Willian Farias, Ricardinho (Hernane, 35’/2T) e Jonathan Gomez (Betinho, 8’/2T); Bruninho (Ronaldo, 8’/2T)), Elton (Philip, 26’/2T) e Marquinhos. Técnico – Daniel Paulista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.