Confusões 10 x Futebol Zero

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Diz o ditado: “Pau que nasce torto morre torto

É incrível como o Jogador Christian Cueva, está para o ditado, assim como o ditado está para ele (Christian Cueva).

Jogador de qualidade técnica indiscutível, (Ao menos quando veste a camisa da Seleção Peruana), Cueva parece possuir uma atração irresistível para se envolver em problemas e polêmicas fora das quatro linhas!

O Jogador Christian Cueva, atualmente registrado como atleta do Santos Futebol Clube,  foi flagrado em uma confusão, envolvendo-se diretamente em uma briga durante na noite desta última sexta-feira, quando de folga, esteve em uma famosa casa noturna de Santos. Como nos dias de hoje, nada passa impune aos indiscretos celulares alheios, não faltaram cinegrafistas amadores para registra o ocorrido, que rapidamente viralizou pelas redes sociais!

Tanto o presidente José Carlos Peres assim como o técnico Jorge Sampaoli já tomaram conhecimento do fato, e definirão em uma reunião, qual será a atitude do Santos para com o jogador que já encontra-se previamente suspenso!

 Acredita-se que como primeira consequência imediata, em nota oficial o clube deva informar o afastamento do jogador peruano, da partida deste domingo, contra o CSA, na Vila Belmiro, às 16h, partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Vale lembrar que ainda que o jogador não estivesse envolvido em nenhuma confusão, de qualquer maneira o técnico Jorge Sampaoli não incluiria o jogador na lista de relacionados para a partida!

Com o moral elevado por ter sido um pedido do treinador Santista para reforçar o meio de campo do Santos, o Peruano Cueva de 27 anos, foi contratado em fevereiro deste ano (2019), por 7 milhões de dólares, cerca de R$ 26 milhões.

O acordo foi feito nas seguintes bases: O peruano está emprestado pelo Krasnodar (RUS) ao Santos até janeiro de 2020, mas o contrato prevê compra obrigatória por R$ 26 milhões. Se o Santos não vender o atleta antes, terá de pagar essa quantia em quatro anos, até 2023. O salário é um dos maiores do elenco: cerca de R$ 600 mil.

Christian Cueva é a segunda maior contratação da história do Santos, ficando atrás apenas de Leandro Damião, que custou R$ 42 milhões, em 2014.

Cueva foi contratado com expectativa e pompa, para ser a grande estrela do Santos em 2019, mas a verdade é que o jogador ainda não correspondeu às expectativas.

Ao todo disputou com o Manto Santista, 15 jogos, sem marcar nenhum gol ou assistência.

Fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli que há tempos, já não o vem relacionando para as últimas partidas, o jogador pode ter encerrado definitivamente a sua passagem pela Vila Belmiro, passagem que não deixará saudade nenhuma no torcedor Santista!

Cueva é um jogador que parece sofrer de “Dupla Personalidade”.

Enquanto sob o comando do treinador Ricardo Gareca que dirige a Seleção Peruana, Christian Cueva se transforma em um jogador abusado, incisivo e decisivo, no Santos, misteriosamente transforma-se no oposto disso, quando comandado pelo também Argentino Jorge Sampaoli.

Infelizmente pelo menos no que diz respeito ao Futebol Brasileiro, as passagens do Peruano por campos tupiniquim, estão marcadas muito mais pelas polêmicas fora das quatro linhas, do que por sua atuação dentro de campo como jogador de futebol.

Durante sua passagem pelo Tricolor Paulista entre 2016 e 2018, Cueva acumulou casos de indisciplina e saiu do clube sem deixar saudade. Em um desses casos, o meia pediu para não ser relacionado em uma partida pelo Campeonato Paulista 2018, porque gostaria de ser negociado. Na época havia uma proposta do futebol árabe, que acabaria sendo recusada.

Na ocasião, Raí, diretor-executivo do São Paulo, disse que Cueva não estava “comprometido com a agenda do clube” O caso gerou um mal-estar no clube, e sete meses depois o jogador foi vendido ao Krasnodar, da Rússia, por 8 milhões de euros. 

No Santos a história se repete! Comprometimento com o Alvinegro da Vila, não parece ser muito a prioridade do jogador!

Recentemente, Vídeos que circularam na internet, mostravam o meia se divertindo na festa de aniversário de um amigo e colega da seleção peruana.

Em outro episódio envolvendo o jogador, Cueva é flagrado por câmeras supostamente urinando no estacionamento do aeroporto Jorge Chávez, em Lima, no Peru.

Esta não é a primeira vez que o jogador causa polêmica nas redes sociais. Em 2017, quando ainda jogava pelo São Paulo, o peruano apareceu em um vídeo cantando enquanto segurava uma lata de cerveja na mão.

Em mais um episódio muito comentado nas Redes Sociais, e que há pouco tempo irritou bastante ao torcedor Santista, foi quando o jogador do Santos após um treino com a seleção peruana realizado no CT do São Paulo, ganhou a camisa 10 do Tricolor e ainda tirou fotos com Raí e com o diretor-adjunto Chapecó.

 Para deixar a situação ainda mais delicada, o irmão do jogador Jorge Luis Cueva Bravo, elogiou o ex-time do meia, escrevendo em sua conta particular no Instagram, a seguinte frase: “Essa é a camiseta que melhor lhe serviu, irmão. A do tricolor paulista”

Titular da seleção peruana, Cueva foi vice-campeão da Copa América perdendo a decisão e o título para o Brasil, que venceu a final por 3 a 1, no Maracanã.

Enquanto seus companheiros do Santos, Bryan Ruiz, Derlis González e Soteldo se reapresentaram e voltaram normalmente aos trabalhos logo após os términos da Copa Ouro e Copa América, e seu próprio colega de Seleção Peruana, Paolo Guerrero, no dia seguinte já estava treinando no Internacional-RS, Cueva teve 10 dias de descanso e se reapresentou somente em 17 de julho, desfalcando o time nos compromissos contra o Bahia, dia 13, em Salvador, e também diante do Botafogo, dia 20, no Engenhão, pelas rodadas 10 e 11 do Campeonato Brasileiro.

Vale lembrar que antes mesmo do início da Copa América, o técnico do Santos Jorge Sampaoli, já havia reprovado e se irritado com a atitude de Cueva, que pediu dispensa antecipada do Santos, para poder se apresentar a seleção do Peru para iniciar a preparação para a Copa América! Mesmo contrariado, o treinador Santista autorizou a dispensa, entendendo que não adiantaria manter um jogador que não estava focado no Santos!

Termino o blog de hoje, sem saber ainda o desfecho definitivo, de mais um capitulo de problemas envolvendo essa passagem do camisa 10 da Seleção Peruana no Santos Futebol Clube.

O que sei e espero como torcedor, é uma postura enérgica por parte da Diretoria do Santos Futebol Clube, pois muito embora eu entenda e respeite que na folga do jogador, é de seu direito fazer o que quiser com seu período de laser, o mesmo também precisa entender que o Nome da instituição “Santos Futebol Clube” passa a estar atrelado a ele Christian Cueva, ao momento em que ele coloca a sua assinatura no Contrato com o Clube!

Cabe agora ao Santos, decidir se pelo alto custo envolvido não apenas na contratação do jogador, como também na manutenção do mesmo, algo que custa ao clube, salários na casa dos R$ 600 mil reais, se vale à pena mantê-lo, investindo até mesmo em uma ajuda profissional na área da Psicologia, ou se entendem que se trata de um jogador com um histórico problemático demais, e que dificilmente irá mudar!

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.