Para aprendermos com os erros é preciso primeiro reconhecê-los

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Se existe algo do qual o torcedor Santista se orgulha, é o fato de que durante os 109 anos de existência do clube mais famoso do mundo, jamais o Santos Futebol clube soube o que é ter que entrar em campo sem estar na “Elite” do futebol Brasileiro!
O máximo que o Santista conhece de uma “Segundona”, é a segunda-feira!
Segunda Divisão? Jamais!
Porém sabemos que essa história de que “Time grande não cai” é balela! Vários já caíram e não foi só uma vez não!
Por isso mesmo, que temos tanto orgulho de jamais termos tido essa mancha na nossa história!

Jogamos um Campeonato Regional em que desde que disputamos pela primeira vez um Paulistão, jamais havíamos realizado uma campanha tão ruim! Campanha que nos fez chegar na última rodada da fase de classificação, não apenas eliminados prematuramente da disputa do Título Paulista, como também pela primeira vez, embora não gostemos de confessar, correndo o risco sim de mancharmos a nosso história!
Graças aos Deuses do futebol que parecem mesmo ser Santistas, vencemos um jogo que pelas circunstâncias se tornou dramático, e permanecemos na Série A1 do Campeonato Paulista!  
Como não poderia ser diferente, o momento delicado e vergonhoso pelo qual passou a nação Santista resultou em protestos logo após a confirmação da permanência do Santos na elite do futebol Paulista!

Por sua vez o Presidente do Santos senhor Andres Rueda concedeu uma coletiva falando sobre a situação vivida, inédita na história do clube, deu algumas desculpas de sustentação bem frágil, e ao invés de reconhecer que erros foram cometidos, deitou falação apontando causas e motivos!
Não vou gastar o precioso tempo do caro leitor, enumerando tudo o que o presidente argumentou como desculpa, para o Santos ter passado por um risco o qual jamais poderia ter passado, até porque o presidente sabia claramente aonde estava entrando, aonde estava pisando, quando se candidatou! Portanto sabia de antemão que não fora escolhido para ser mais um a se lamentar da situação herdada, mas sim para resolve-la! Se não estava a altura do desafio, não se candidatasse!

Porém alguns erros precisam ser mencionados sim para que não sejam esquecidos ou minimizados como é o que alguns parecem querer.

  1. Demitiu sem motivo ou justificativa alguma, profissionais gabaritados e de um nível profissional excelente, que foram trazidos ao Santos pelo Ex Presidente Orlando Rollo.
  2. Deixou o clube sem a figura importantíssima de um “Superintendente de Futebol”
  3. Como Presidente, deveria se fazer presente no CT Rei Pelé, e no entanto os jogadores e Comissão técnica não tem esse respaldo.
  4. A Pessoa que pertence ao Grupo Gestor e foi designada para se fazer presente dentro do CT e ser o elo de ligação, e fazer a ponte entre o futebol e a Diretoria é tão ou mais ausente que o Presidente.
  5. Montou uma Diretoria, um Grupo Gestor que não entende bulhufas de futebol, e talvez até por isso não se veja nenhum deles nem em jogos na Vila Belmiro.
  6. Perdeu um Zagueiro de graça, (Patrimônio), do clube que ainda por cima, foi reforçar um concorrente direto na Série A
  7. Assumiu a culpa pelo erro absurdo da não inscrição do jogador Madson no Campeonato Paulista, mas os culpados permanecem no clube.
  8. Não abre espaço, e deixa de trazer para junto do Santos, dois dos mais gabaritados e experientes profissionais do mercado da Bola, os Empresários e Agentes (FIFA), Luizinho e Luís Taveira.

O que mais me preocupou nas falas do Presidente, foi que em momento algum senti por parte do mesmo, um resquício que fosse, de humildade para reconhecer que erros foram sim cometidos!

Não diria erros. Foi uma situação encontrada com um plantel curto para tantos campeonatos, tivemos a pandemia que deixou o calendário completamente desumano, não tivemos a oportunidade de contratar jogadores mais experientes para mesclar com a nossa base e para que pudessem suportar as condições do calendário. Não considero erros. Eu me pergunto o que a gente poderia ter feito para não deixar chegar no jogo de hoje dependendo de um empate” – afirmou o presidente.

O Presidente Rueda, infelizmente e de maneira preocupante, ainda deixou claro na declaração que os leitores poderão acompanhar logo abaixo, que pensa mesmo que Santistas de verdade, que não fazem “Criticas” mas sim “Alertas” sobre o que de erros possam estar sendo cometidos, são considerados segundo palavras do próprio presidente “Desprezíveis e não Santistas”

Não gosto de reclamar do passado, porém não posso deixar de dizer que estamos colhendo o que foi plantado anteriormente. Quanto aqueles que teimam em misturar a política na gestão do clube tenho pena. Ver que colocam interesses próprios de poder ou de vantagens na frente do Santos. Para eles o meu total desprezo. Não os considero santistas. Certeza de que o sócio sabe muito bem, mesmo pensando com emoção, separar o joio do trigo. Vocês, com essa politicagem asquerosa, são os verdadeiros culpados por deixar o clube nessa situação. Muito ajuda quem não atrapalha” – disparou.

Que o Presidente Andres Rueda assumiu um clube com inúmeros problemas, isso é inegável, porém me preocupa muito o futuro do Santos, porque um empresário de renome, e bem-sucedido em sua vida profissional como o presidente sempre foi, já deveria ter aprendido a aprender com os erros.

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)
(Crédito: Imagem: SantosTV/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.