A verdade sobre a renovação contratual do zagueiro Sabino.

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

“A César o que é de César”, é o começo de uma frase atribuída a Jesus, nos evangelhos sinóticos.

A frase, amplamente citada, se tornou uma espécie de resumo da relação entre o cristianismo e a autoridade secular. Na mensagem original, Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus, significa simplesmente dar a cada qual, a parte que lhe pertence!
Acho que a famosa frase, cabe muito bem em relação as últimas informações levantadas pela imprensa, quanto a questão envolvendo a renovação contratual do Quarto Zagueiro “José Sabino Chagas Monteiro”, conhecido pelo torcedor Santista como Sabino!

Recentemente o zagueiro Sabino assinou sua renovação de contrato com o Santos. Agora de contrato renovado, seu novo vínculo com o Peixe vai até janeiro de 2025, sendo que o contrato antigo terminava em setembro de 2022.
A questão que normalmente deveria ser motivo de comemoração, pois o mundo sabe da carência de bons jogadores no elenco do Santos, inclusive pelo fato do clube não poder realizar contratações, impedido que está por um “Transferban” imposto pela FIFA, infelizmente passou a ser usada “Politicamente”

Embora o nome do jogador, tenha sido publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, somente na última quinta-feira (11), o acordo já havia sido realizado ainda na gestão do ex-presidente Orlando Rollo.
O que tem causado polêmica entre a torcida do Santos, e estranhamente entre os membros da Diretoria atual, refere-se ao fato do jogador em questão, ter recebido um reajuste salarial para a renovação do novo vínculo com o clube!

Segundo o que eu apurei, com o novo contrato o jogador passa a ganhar um salário de 200 mil Reais, valor que está sendo usado “Politicamente”, para queimar a imagem do Ex presidente Orlando Rollo, como se o reajusto que muitos consideram um absurdo, fosse responsabilidade única e exclusivamente dele (Orlando Rollo).
Antes de qualquer coisa, é preciso que os torcedores e associados do Santos Futebol Clube, tenham conhecimento de alguns fatos, para com a “Luz da Verdade”, poderem analisar os fatos com a devida isenção.

 No ano passado, (2020), ainda durante o período em que Orlando Rollo presidiu o Santos, os Dirigentes do Kashiwa Reysol (Japão), fizeram uma proposta de 700 mil dólares (cerca de R$ 3,7 milhões) na cotação da época, para levarem o zagueiro Sabino. O Santos tem 70% dos direitos econômicos do jogador.
O caso é que como na ocasião o presidente Rollo precisava de uma autorização oficial por parte do Conselho Deliberativo, pois de acordo com o (Art 91) do Estatuto Social do Santos, faltando três meses para o final de uma gestão, nenhum presidente pode realizar uma negociação sem o aval do Conselho, o órgão foi consultado e reprovou a negociação!
O Presidente queria vender, o Comitê de Transição aprovou e o jogador também tinha interesse em ser negociado, até porque, o seu salário no Japão seria de R$450 mil.

Porém houve uma gritaria geral inclusive nas Redes Sociais, pois tanto os Conselheiros como a torcida, achavam a oferta, bem abaixo do que o jogador valeria!
Nesses termos, o Comitê de Gestão com a ciência do Comitê de Transição, procedeu com a renovação do contrato, visando que o atleta fosse uma viável opção para a zaga do Santos em 2021.
Sem outra alternativa, só restou ao presidente Orlando Rollo ir para a mesa de negociações com o jogador!

Dada essa importante explicação inicial, vamos aos fatos relevantes, e que precisam ser analisados por quem hoje, critica o Ex Presidente Orlando Rollo, pela negociação.

  1. No Santos desde 2012, quando chegou ao clube com apenas 13 anos de idade, o jogador sempre se destacou nas categorias de base, e seu futebol chamou a atenção do Coritiba que em janeiro de 2019, veio busca-lo por empréstimo para disputar a Série B do Brasileiro. Reconhecido pela diretoria paranaense como um dos principais responsáveis pela campanha maravilhosa do Coxa de volta a Série A, em janeiro de 2020, seu empréstimo foi prorrogado por mais uma temporada, onde mais uma vez teve grandes atuações, inclusive marcando gols. Nas duas últimas temporadas, Sabino disputou 87 jogos e marcou 11 gols.
  2. O Próprio desempenho do jogador frente à zaga do Coxa nas duas temporadas que atuou por lá, por si só já valorizaram o jogador, indício inevitável de que o atleta, havia atingido um patamar incompatível com seus baixos “Vencimentos”
  3. Talvez não seja de conhecimento do torcedor em geral, mas a multa contratual de um jogador de futebol, é proporcionalmente calculada em cima do valor de seus vencimentos! Portanto se o clube tem um jogador com um salário muito baixo, o risco de perde-lo por ter uma multa proporcionalmente baixa, é muito grande!
  4. Vale ressaltar que toda a negociação referente a renovação de contrato e reajuste salarial do zagueiro Sabino, foi conduzida pelos profissionais do Departamento de Gerencia de Futebol, e posteriormente o Comitê de Gestão referendou a negociação.
  5. É bom que se ressalte que estamos falando de um jovem e promissor Zagueiro de 24 anos, um atleta com mercado aberto na Europa, Ásia e mundo Árabe, bem diferente do colega Luan Peres, que com praticamente 27 anos os mercados passam a ser bem mais restritos!
  6. Outro detalhe: Ficaram indignados porque o Sabino, “Valorizado”, voltou ao Santos recebendo um reajuste salarial que passou seus vencimentos para R$200 mil, mas não lembro de ninguém da torcida ou da atual diretoria, ficarem indignados, quando o Santos com dívidas até o pescoço, comprou sem necessidade alguma, um Zagueiro, (Luan Peres), pagando 2,8 milhões de euros, (R$15 Milhões) e salários de R$500 mil, com contrato até 2025.
  7. Não vejo também, por parte de quem está hoje criticando o contrato e o valor do salário do zagueiro Sabino, falarem nada sobre os R$ 250 mil que o Zag Luís Felipe recebe, e vai continuar recebendo até 28 de Dezembro de 2024. 

O estranho nisso tudo, é que depois da assinatura da renovação desse contrato, coincidentemente alguns fatos começaram a chamar a atenção: De repente, começaram a vazar informações seletivas para a Imprensa, que passou a dar uma importância meio estranha, para um assunto dos mais corriqueiros no mundo do futebol.

Outra coisa: Por que será que um jogador, que logo em sua partida de estreia pelo Santos, teve seu desempenho em campo, muito elogiado pelo treinador e pela torcida em geral, fez um dos gols da partida, foi eleito o melhor jogador da partida, foi incluído pela votação popular, na Seleção darodada do Paulistão, misteriosamente nem no banco tem figurado.

E como se não percebêssemos as “Insinuações maldosas”, as criticas  sobraram até para uma prática normal no futebol, que é o pagamento de luvas ao jogador, assim como é prática normal e reconhecida pela FIFA, CBF, e Conmebol, o pagamento de uma comissão também ao Agente do Jogador Sabino, valor que está dentro dos parâmetros estipulados pelo Conselho Fiscal.
Criticam um profissional da maior lisura e honestidade, e que por ser Santista de Coração, ainda aceitou receber esse valor em 16 vezes! Tipo “Carnêzinho das Casas Bahia”
Eu queria ver encontrarem outro “Agente”, que aceitasse receber uma comissão em 1 ano e quatro meses!

O que mais me estranha nesta história envolvendo a renovação de contrato do jogador do Sabino, é que desde a transição realizada ainda pelo presidente Orlando Rollo, o Sr Rueda e sua equipe, tinham total conhecimento do “Pré acordo” firmado entre o Santos e o atleta, e todos os outros assuntos pertinentes a uma gestão que se inicia.
Pergunto então: Por que o Presidente não chamou o Empresario do jogador Sabino, a partir de 02/01 de 2021 e conversou sobre o assunto, antes de consolidar um “Pré acordo”, em acordo oficial?
Pelo que sei, o presidente e o empresario Luís Taveira, tem um bom relacionamento! Portanto creio eu, que não custava nada ter chamado o mesmo, para conversar sobre esta situação e juntos chegarem a um denominador comum.
Mas ao contrário do que poderia ter sido feito, o presidente Rueda deixou passar todo o período de transição em Dezembro, deixou passar também o mês de janeiro, a chegada do Sabino em fevereiro, a estreia do jogador que ainda com o contrato antigo, fez sua estreia contra a Ferroviária, partida esta que o jogador Sabino mostrou que é útil e bom jogador, esperou passar o jogo contra o São Paulo, o jogo contra o Deportivo Lara em Santos, jogos estes que tiveram Sabino no banco, e só aí foi que assinou o Federativo em Março sem nenhum questionamento?
Por que somente depois de passados quase três meses, isto vem à tona, como se alguém tivesse cometido algum crime, ou lesado o Clube?
Por que neste tempo todo, o presidente Rueda não chamou o Taveira para conversar?
Estranho, realmente muito estranho

Enfim: Com esses esclarecimentos, o Blog Sergio Bertoldi espera ter elucidado alguns fatos, para que o torcedor Santista possa entender o que ocorreu na renovação de contrato do zagueiro Sabino!
Para finalizar, quanto ao fato do jogador não ter entrado mais nos jogos, mesmo após ter feito uma grande partida em seu jogo de estreia como profissional do Santos, podem alegar ser opção tática do treinador,  podem dizer o que quiser, porém a verdade é que jamais um jogador que é cria da base, e não custou nada aos cofres do clube, será titular no lugar de outro jogador, cujo clube gastou uma fortuna para contratar!

A não ser que eu muito me engane, e o treinador Ariel Holan tenha “Carta Branca” para escalar na zaga, quem ele considerar melhor, Luan Peres ganhando R$ 500 mil por mês não será banco de outro que ganha 200, mesmo que tecnicamente, (Esse outro), seja muito melhor! 

(Crédito: Imagem: Guilherme Dionízio/ Estadão)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.