Conselheiros do Santos mantêm o parecer pelo impeachment de José Carlos Peres

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O Conselho Deliberativo do Santos Futebol Clube, esteve reunido mais uma vez em caráter de “Sessão Extraordinária”, sessão que foi realizada na noite desta última Quinta-feira 05 de Novembro de 2020, com primeira convocação às 19h00 e segunda convocação às 19h30, em assembleia que em decorrência da Pandemia Covid-19, foi mais uma vez realizada em formato virtual digital, (Videoconferência)

A Reunião que entre outros assuntos, teve como finalidade, analisar o processo de impeachment do senhor José Carlos Peres, que permanece preventivamente afastado de suas funções como presidente do Santos desde o final do mês de Setembro de 2020, quando em seu lugar assumiu o vice-presidente Orlando Rollo, trataria de analisar a defesa do então (Presidente afastado), perante o Conselho Deliberativo do clube, que mais uma vez agiu em concordância com o que dele se espera como “Órgão Fiscalizador do clube”

Vale ressaltar que embora tenha sido imediatamente comunicado de seu afastamento, cujo prazo para formular e apresentar sua defesa, tenha iniciado em 15 de Outubro de 2020 encerrando-se em 28 de Outubro de 2020, obedecendo assim o prazo estatutário de (10 dias úteis), o senhor José Carlos Peres, não encaminhou qualquer defesa para a Comissão de Inquérito e Sindicância, alegando em carta encaminhada ao presidente do Conselho Deliberativo do Santos, Senhor Marcelo Teixeira, o não recebimento da mesma, justificando-se com a desculpa de que seu e-mail corporativo está bloqueado e sendo assim, não teria recebido a carta que segundo os Correios, foi entregue sim.

O estranho é que alguém que alega não ter tido a oportunidade de se defender, tenha sido convidado para participar da reunião desta Quinta-feira, e mesmo assim não compareceu a reunião em que poderia ainda que de improviso, ter feito sua defesa!

Conduzida de maneira irretocável, a reunião que determinou através de votação, pelo prosseguimento do processo de impeachment de José Carlos Peres, teve à sua frente o Presidente do Conselho Deliberativo, o senhor Marcelo Teixeira!

Atendendo o clamor da torcida, os Conselheiros votaram acolhendo o entendimento e orientação da CIS, e mantiveram a continuidade do processo!

Confira o resultado final da votação:

Mantida a decisão inicial quando do afastamento do presidente, o próximo tramite do processo será convocar uma assembleia de sócios, que assim como já houvera ocorrido em 2018, terão a responsabilidade de novamente decidir os destinos do Santos, votando muito provavelmente no próximo dia 21, pelo impeachment ou não do presidente, que para ser deposto definitivamente do cargo de alto mandatário do clube, precisará que 2/3 dos sócios votem pela sua saída.

A Assembleia terá obrigatoriamente que ser presencial, realizada em formato tradicional, (Cédulas de papel), e ocorrer no interior do estádio Urbano Caldeira, Rua Princesa Isabel s/n, Vila Belmiro, em Santos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.