“Em apenas 10 dias Orlando Rollo já fez como Presidente o que José Carlos Peres não fez em 33 meses!

       Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Desde o dia 29 de Setembro de 2020, data em que oficialmente, Orlando Rollo assumiu a presidência do Santos Futebol Clube, esse rapaz já fez pelo Alvinegro Praiano, mais do que o agora afastado, (Ex presidente José Carlos Peres), havia feito em 33 meses, ou dois anos e nove meses como queiram!

Dizer que Rollo tem trabalhado muito desde que sentou na cadeira de presidente, seria até arriscado, visto que pelo ritmo frenético que tomou conta da presidência, acredito mesmo que ainda não tenha dado tempo do novo presidente do Santos, sequer poder sentar-se em sua sala!

Aliás quem tem o privilégio de conhecê-lo, sabe que seu perfil esta longe de ser o de um dirigente, que não larga o conforto de sua sala!
Orlando Rollo é daqueles presidentes que colocam a mão na massa, e inspecionam diariamente todos os departamentos do clube, realizam reuniões com seus Gestores, cobram resultados, vão atrás dos problemas que precisam ser solucionados, conversam francamente, olho no olho com funcionários, jogadores, Comissão Técnica e etc…

Quando pôde pela primeira vez em quase três anos, entrar verdadeiramente no clube e tomar pé da real situação financeira do Santos, (Rollo foi conduzido a presidência após o afastamento de José Carlos Peres), Orlando chegou a confessar que não conseguia dormir pensando na situação em que encontrou o clube!

“Não estou conseguindo dormir. O Santos está na beira do abismo”

 “ É uma missão que Deus me deu.”

Dentre os diversos problemas encontrados pela nova administração, os que mais afligem tanto a diretoria do clube, como associados e torcedores, é a situação referente as pendências com a FIFA (Fédération Internationale de Football Association), que já vem aplicando punições ao Santos, por causa de dívidas com outros clubes.

Dívida com o Hamburgo da Alemanha por conta do Zagueiro Cléber Reis, débito que hoje está na casa dos R$ 30 milhões, mais o que deve ao Huachipato do Chile, divida adquirida com a contratação do Venezuelano Yeferson Soteldo que tem um montante de R$ 60 milhões, porém neste momento, o Santos precisaria arcar “apenas” com R$ 18 milhões, referentes a compra dos primeiros 50% dos direitos econômicos do jogador parte da negociação realizada em 2019.
Ainda tem a divida com o Atlético Nacional, da Colômbia, por não cumprir um acordo de pagamento pelo zagueiro Felipe Aguilar, de US$ 1 milhão (R$ 5,8 milhões), pelo atraso de duas parcelas
No total, o Santos deve somente com essas três pendências na FIFA, o montante de R$ 52 Milhões de reais

Tais punições que variam desde a proibição de contratar novos jogadores, até o risco eminente de perder pontos nas competições, já estão sendo impostas ao Santos, que no momento se vê impedido de realizar qualquer nova contratação!
Para solucionar esse problema que envolve até o momento, três clubes diferentes para os quais o Santos deve, mais uma vez o novo presidente do Alvinegro Praiano arregaçou as mangas, e encarou o problema de frente, buscando um entendimento entre as partes!

Pelo menos no que se refere a dívida de 4,5 milhões de euros, contraída ainda em 2017 por conta da contratação do zagueiro Cléber Reis, e que desde então não foi paga aos Alemães do Hamburgo (ALE), nesta quinta-feira (08), o novo Comitê Gestor do Santos, encaminhou um acordo com o clube Alemão.
É importante registrar, e ressaltar o fato dos Alemães terem elogiado bastante, o empenho demonstrado pela atual gestão em resolver essa pendência que já se arrastava há anos, mas que bastaram apenas alguns poucos dias de trabalho da nova Diretoria do clube, para em fim resolver essa questão!
Em reconhecimento a atitude da nova diretoria, os dirigentes do clube Alemão agraciaram o Santos, concedendo um abatimento de 1,4 milhão de euros no montante total da dívida, caindo dos 4,5 milhões de euros, para 3,1 milhões de euros (R$ 19,6 mi), um desconto de mais de R$ 10 milhões!

Pelo acordo fechado com o Hamburgo (ALE), o Santos irá depositar até o dia 15 de outubro, uma primeira parcela no valor de 2,5 milhões de euros, (R$ 16,4 mi), provenientes de um aporte financeiro oferecido em forma de “Empréstimo”, pelo candidato à presidência do clube, Andrés Rueda, no valor de 1,5 milhões de euros, (R$ 9,8 mi), sem juros e parcelado, mais a quantia de 1 milhão de euros, valor que já havia entrado nos cofres do clube através de receitas recentes.
Fora esses valores, o Santos ainda irá repassar 600 mil euros (R$ 3,9 mi) divididos em três parcelas de 200 mil euros, há serem depositados em 15 de dezembro de 2020, 15 de fevereiro de 2021 e 15 de abril de 2021.

Recentemente o presidente Orlando Rollo em visita a CBF, (Confederação Brasileira de Futebol), esteve reunido com o presidente da entidade, Rogério Cabloco, de quem recebeu de suas mãos a renovação do certificado de Clube formador, ocasião em que dentre os assuntos abordados, Rollo conseguiu uma importante ajuda financeira na casa dos R$ 5 milhões.

Posando para as fotos Orlando Rollo com a camisa que ganhou da Seleção Brasileira junto ao Presidente da CBF Rogério Caboclo agraciado com uma camisa do Santos

Estiveram acompanhando o Presidente do Santos, Paulo Corrêa Júnior, do Comitê de Gestão, Clodoaldo Tavares Santana, ex-jogador, Edinho, diretor do Santos e ex-jogador, Felipe Ximenes, Superintendente de Esportes, além dos conselheiros Celso Jatene e Osvaldo Nico.

Aqui junto a replica em tamanho natural do Rei Pelé posaram para fotos Edinho, Rollo, Rogério Caboclo, Paulo Corrêa e Clodoaldo Tavares Santana

Orlando Rollo também andou visitando a FPF (Federação Paulista de Futebol), e reunido com o presidente Reinaldo Carneiro Bastos, solicitou a ajuda da entidade que comanda o Futebol Paulista!

Pendências relacionadas a salários e direitos de imagem dos jogadores, estão sendo pagas!

A partir do clássico contra o Corinthians, disputado na última quarta-feira (7), pelo Campeonato Brasileiro, o torcedor Santista pôde ver outra conquista importante na nova gestão Orlando Rollo.
A Tekbond, marca de adesivos que mais cresce no Brasil, a qual desde 2017, pertence a multinacional francesa Saint-Gobain, uma das maiores empresas do mundo no segmento da construção, passou a estampar sua marca no uniforme santista, patrocínio fechado até 31 de dezembro de 2021.

Ao lado do amigo Hanie Issa que atendendo o convite para patrocinar o Santos Futebol Clube através da Tekbond, Orlando Rollo apresenta com orgulho o mais novo parceiro do Santos

Enfim meus amigos, problemas existem, são inúmeros e nada fáceis de serem resolvidos! Porém com a chegada do vice-presidente Orlando Rollo, que após o afastamento do agora antigo presidente José Carlos Peres, veio a assumir a presidência do Santos, o clube começa a resgatar sua imagem!

Conversas francas estão acontecendo com os nossos credores, acordos estão sendo viabilizados, e o resgate da confiança que o mercado havia perdido junto à instituição Santos Futebol Clube, está sendo retomado!

Em apenas 10 dias, os olhos já se voltam para o Santos, com o respeito que uma administração “Séria, Honesta, Trabalhadora e Competente” merece!

Parabéns Orlando Rollo!

Tenho certeza que aqueles que não tiveram coragem de em 2018, conduzi-lo ao poder, dando carta-branca para a continuação de uma administração nefasta do senhor José Carlos Peres, se nutrem realmente algum sentimento pelo Santos, devem estar arrependidos até o último fio de cabelo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.