Pelo futebol apresentado o Santos merecia um resultado melhor

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Jogando no Estádio Nilton Santos pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos não foi além de um empate em 0 a 0 com o Botafogo carioca
Conquistar pontos jogando fora de casa, é sempre positivo. Porém quando você sai de campo sendo o time que criou as melhores chances, as melhores oportunidades e foi a equipe que merecia ter saído de campo com a vitória mas só empatou em 0 a 0, o sentimento de frustração é muito grande!

Infelizmente a verdade é que embora o Santos tenha merecido a vitória, foram mais uma vez os erros principalmente de finalização, a chamada “última bola” o pecado do time!
O ataque do Peixe cria oportunidades mas acaba sempre esbarrando na péssima fase de seus homens de frente! Não bastasse a deficiência apresentada pela falta de pontaria dos atacantes Santistas, o Alvinegro de Vila Belmiro ainda teve pela frente, uma atuação perfeita do goleiro Gatito Fernandes, que quando a pontaria Santista acertava o pé, o Goleiro da Seleção Paraguaia fechava o gol.
Já o goleiro João Paulo, poucas vezes foi exigido visto que os donos da casa pouco perigo levaram a meta Santista!

Três jogadores tiveram atuações muito boas e se destacaram no empate em 0 a 0 com o Botafogo. Marinho que já não é novidade para ninguém ser o destaque do time, levou mais uma vez muito perigo a defesa botafoguense. Prata da casa e mais experiente dentre os garotos da base, finalmente o atacante Arthur Gomes fez uma grande partida!
Infernizando a defesa adversária, o atacante escolhido pelo técnico Cuca para substituir o Venezuelano Soteldo, criou várias chances, principalmente no primeiro tempo descendo em velocidade pelo lado esquerdo do ataque Santista!

Outro jogador que apresentou um bom futebol, foi o Uruguaio Pato Sánchez que começou a partida como segundo volante mas no decorrer do jogo passou a atuar aberto pelo lado direito do Campo, quando voltou a jogar como amador, posição em que desempenha seu melhor futebol, inclusive foi como armador, que no ano passado sob o comando do ex treinador Jorge Sampaoli, Pato Sanches viveu seu melhor momento dentro do Santos!

Desolado pelo empate frustrante, a imagem que marcou sem dúvida alguma a decepção Santista com o injusto 0 a 0, foi a do jogador Marinho chorando agachado no gramado do estádio do Engenhão! Como se estivesse falando com alguém, o atacante Marinho esbravejava gesticulando inconformado com os três pontos que o Santos poderia ter trazido para casa!

Com o empate, o Santos se manteve mais uma vez na sétima colocação do Brasileirão, com 16 pontos ganhos.
Agora o 11 Santista volta a campo na próxima quinta-feira (24), para enfrentar às 23:00, o Delfín, no Equador, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 X 0 SANTOS
Data: 20 de setembro de 2020

Horário: 18h15 (de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meuer (PR)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: BOTAFOGO: Gatito, Fernando, Caio Alexandre e Davi Araújo.
Cartões amarelos: SANTOS: Carlos Sánchez

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando (Barrandeguy), Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luís (Hugo); Rentería (Luiz Otávio), Caio Alexandre (Rafael Forster) e Davi Araújo (Honda); Rhuan, Kalou e Matheus Babi
Técnico: Paulo Autuori

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *