O Raio agora caiu foi no Gol

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Ao longo dos anos em que trabalho na imprensa esportiva, dois ditados referentes ao futebol caem como uma luva ao atual momento em que a defesa Santista passa.

“Todo grande time começa por um grande Goleiro, e Goleiro se faz em casa”

Se depender da comprovação desses dois antigos ditados no mundo do futebol, o Santos Futebol Clube como diz outro ditado: “Está bem na fita”

Praticando no mínimo cinco grandes defesas que garantiram a vitória do Santos frente à equipe do Ceará pelo placar de 1 a 0, o goleiro João Paulo que até outro dia era apenas o terceiro goleiro do elenco profissional, viu na contusão do colega e titular Vladimir, além do imbróglio judicial que afastou durante dias, o ex titular Éverson, a chance de tomar a camisa nº 01 e agarrou a oportunidade e não parece que irá deixar escapa-la tão cedo!  

A vitória conquistada pelo Santos neste último sábado na Arena Castelão, em partida valida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, veio através de um belo gol assinalado pelo lateral esquerdo Felipe Jonatan, (ex-Ceará), logo aos oito minutos da primeira etapa. Pelo menos desta vez, a “Maldição do Ex” referencia dada sempre que um jogador marca um gol atuando contra seu antigo clube, foi a favor do Santos!

Com a vitória conquistada fora de casa, o Santos começa a recuperar pontos importantes que acabou desperdiçando com alguns insucessos em casa na Vila Belmiro. A equipe comandada pelo técnico Cuca, soma agora 11 pontos conquistados em oito jogos, ocupando a sétima colocação na tabela de classificação.

A importância dos três pontos conquistados é inegável, porém a vitória Santista esteve a ponto de ficar comprometida, não fosse mais uma grande jornada do Goleiro João Paulo, que ressalto, vive uma grande fase que tem a participação direta do preparador físico Sebastião Martins de Oliveira Jr, mais conhecido por “Arzul”.

Parece que os famosos raios que costumam cair na Vila Belmiro, sempre trazendo pés goleadores e capazes de dribles geniais, desta vez resolveram trocar as Chuteiras por “Luvas” salvadoras!

A verdade é que o compromisso com o Ceará, já era difícil por ser uma partida fora de casa, aliado ao fato do Santos jogar pressionado por ter de recuperar pontos perdidos em casa. Não bastasse isso, aconselhado pelo Departamento Médico o técnico Cuca optou por poupar os jogadores Carlos Sánchez e Yeferson Soteldo, escalando assim uma equipe com uma proposta de jogo mais defensivo, apostando nos contra-ataques.

Como dificuldade pouca é bobagem, Luan Peres e Alison ainda acabaram expulsos, deixando os minutos finais da partida bastante dramáticos, trazendo alívio e comemoração pela vitória apenas após o apito final.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 1 SANTOS

Data: 5 de setembro de 2020 (sábado)
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Assistentes: Oberto da Silva Santos e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: CEARÁ: Luiz Otávio, Bruno Pacheco e Leandro Carvalho.
Cartões amarelos: SANTOS: Lucas Veríssimo, Felipe Jonatan, Kaio Jorge e Lucas Braga
Cartões vermelhos: CEARÁ: Samuel Xavier e Bruno Pacheco.
Cartões vermelhos: SANTOS: Luan Peres e Alison
GOL: Santos: Felipe Jonatan, aos 8 minutos do 1T
CEARÁ: Fernando Prass, Samuel Xavier, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles, Fabinho (Lima), Fernando Sobral e Vinícius Vina; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Cléber (Rafael Sóbis) Técnico: Guto Ferreira

O Santos volta a campo na noite desta quarta-feira (09), quando às 21h30, recebe na Vila Belmiro a equipe do Atlético-MG, pela 09º rodada do Brasileirão 2020

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.