Correndo contra o tempo

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Começou nesta sexta-feira (19), uma verdadeira corrida contra o tempo!

Os clubes paulistas começarem sua preparação para a possibilidade cada vez mais concreta, de um retorno ao futebol.
A Federação Paulista de Futebol (FPF), emitiu um comunicado aos clubes afiliados, que recebeu a autorização por parte do governo de São Paulo para que os clubes que disputam o Campeonato Paulista, iniciem seus testes clínicos, físicos e fisiológicos para a volta das competições!
O período que se estenderá até 30 de junho, servirá para uma readaptação dos jogadores a sua rotina e retorno aos treinos, autorizados para terem início em 1º de julho.

Federação Paulista de Futebol Nota oficial sobre o assunto. Confira: 

A Federação Paulista de Futebol informa que realizou nesta quinta-feira ajustes no Protocolo de Retomada Gradual aos Treinos do Campeonato Paulista – Série A1 e, no mesmo dia, encaminhou ao Governo do Estado de São Paulo um novo documento.

O protocolo complementar enviado trata da necessidade do processo de readaptação física dos profissionais para que a retomada dos treinamentos, em 1º de julho, seja segura, uma vez que, devido à pandemia, os atletas foram obrigados a paralisar suas atividades por mais de 90 dias, um inédito e danoso período, especialmente para quem depende de sua condição física para exercer seu trabalho.

Assim, a FPF e os clubes receberam com grande satisfação o anúncio do Governo do Estado de São Paulo de que os times poderão se preparar, entre 22 e 30 de junho, de maneira adequada, realizando testes clínicos, físicos e fisiológicos, de forma individualizada.

Como previsto no protocolo, antes do início da readaptação, todos os profissionais deverão ser submetidos a testes de COVID-19. Todos os ambientes serão devidamente preparados e higienizados, com obrigatório uso de EPI’s, conforme determinado pelo Centro de Contingência do Governo de São Paulo.

O futebol paulista segue unido e responsável, zelando, em primeiro lugar, pela saúde de todos. Acreditamos que o entendimento, o consenso e a harmonia estabelecidos entre FPF, clubes e o Governo de São Paulo, comandado pelo Governador João Doria, e Prefeitos são fundamentais para virarmos o jogo.”


Embora ainda não haja uma definição quanto a data do retorno do Campeonato Paulista, e nem tampouco em relação as demais competições, que normalmente preenchem o calendário Brasileiro, os clubes precisam o quanto antes, entenderem e se adaptarem a nova realidade de cuidados e restrições impostas aos atletas, comissão técnica e funcionários do clube, em especial aos envolvidos diretamente no dia a dia dos jogadores!

Todo esse cuidado está embasado em normas cuidadosamente elaboradas que resultaram na criação de um protocolo elaborado pela Comissão Médica da FPF, em parceria com os médicos dos clubes, seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde.
O protocolo de cuidados prevê que todos os jogadores deverão ser submetidos a testes para detecção do novo coronavírus, os ambientes dos centros de treinamentos terão de ser preparados e higienizados e todos deverão utilizar equipamentos de segurança, como luvas e máscaras.

     O Zagueiro Luís Felipe encarando as agulhas

Em parceria com o laboratório “Cellula Mater”, o departamento médico do Santos realizou na tarde desta última sexta-feira (19), no CT Rei Pelé, os exames de testagem para Covid-19.
De forma escalonada, 24 jogadores e 45 funcionários foram submetidos aos testes e exames que se estenderam por toda a tarde.

      Funcionários do Santos sendo submetidos aos exames

Oito jogadores do elenco Santista, além do técnico Jesualdo Ferreira, e seu auxiliar Rui Águas, não estiveram no CT.  O treinador e o auxiliar já passaram pelos testes em seus apartamentos, e o mesmo irá acontecer com os atletas que já haviam informado o clube que estariam ausentes!

Responsável pelo Departamento médico do Santos, Doutor Ricardo Galotti explicou para a imprensa quais procedimentos foram realizados:

“Dos atletas nós colhemos os exames de PCR, que é como se fosse um cotonete que pega a muscosa do nariz, e de sorologia. Já com os funcionários nós colhemos apenas a sorologia. Todos também responderam um questionário sobre possíveis sintomas de coronavírus”, afirmou Ricardo Galotti, médico do Santos.

 “Nós esperamos obter os resultados dos exames de Covid-19 no início da próxima semana. Assim que isso ocorrer, o elenco iniciará os testes físicos, de fisiologia, isocinético e eletrocardiograma.

Tomando como base as orientações da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), além dos protocolos adotados pelos principais clubes da Europa, como os clubes da Alemanha e da Espanha, quando adentrarem as dependências do CT Rei Pelé, todos receberão máscaras, álcool em gel e viseiras.

       O atacante Tailson já com o seu Kit pessoal

Além desse kit individual que será entregue para todos sem exceção, os atletas que entrarem nas dependências do CT, terão suas temperaturas aferidas.

     O Meio Campista Jean Mota tendo sua temperatura corporal sendo verificada

 Aqueles que registrarem temperaturas superiores a 37,5ºC, serão imediatamente isolados.
Caso algum jogador seja diagnosticado com Covid-19, terá o tempo necessário para cumprir isolamento e voltar no dia 1ª de julho.
No retorno aos treinamentos que acontecerão a partir de 1º de Julho, (Caso não haja nenhuma alteração), as atividades acontecerão nas partes externas do CT Rei Pelé, com treinamentos, preferencialmente, ao ar livre.
Enquanto os resultados dos testes não ficam prontos, algo que deve ocorrer somente no começo da próxima semana, o Santos programou para este Domingo (21), uma desinfecção total do CT Rei Pelé

Os Jogadores do Santos, já estão se familiarizando com os novos equipamentos de higienização, espalhados por todo o CT Rei Pelé.
Máscaras e álcool gel, agora são tão essenciais quanto as chuteiras!

    Aqui o Meia Diego Pituca de máscara e mandando ver no álcool gel

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.