De volta ao Pacaembu

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O torcedor Santista que mora na Capital Paulista, pode comemorar!
A diretoria do Santos pediu e a Federação Paulista de Futebol, acatou o pedido do Santos, para que o Clássico com o Palmeiras, que por ser mando do Peixe, inicialmente estava marcado para ser disputado no Estádio Urbano Caldeira, em Santos, fosse transferido para a Capital Paulista!

A partida que será disputada no dia 29, sábado, às 16 horas, está oficialmente transferida e devidamente marcada para acontecer no Estádio Paulo Machado de Carvalho, (Pacaembu), local onde o Santos não manda uma partida há oito meses, desde 6 de Junho de 2019, quando jogou pela última vez, diante do Atlético-MG, pela Copa do Brasil.

O anúncio oficial da volta do Santos como mandante no Pacaembu, foi feito na manhã desta quarta-feira, e sela um acordo realizado entre o Alvinegro Praiano e a concessionária Allegra, administradora do Pacaembu!
O acerto realizado entre clube e concessionária, prevê o mínimo de pelo menos 10 jogos no estádio em 2020, e faz parte de uma promessa de campanha do Presidente Santista, de levar para São Paulo, metade dos jogos do Santos como mandante.

Igualar o número de jogos entre Vila Belmiro e Pacaembu foi um dos principais compromissos assumidos pelo presidente em sua campanha!
Peres defende a realização de mais jogos na Capital Paulista, não apenas como maneira de prestigiar os torcedores de São Paulo, mas pela possibilidade de aumentar sua arrecadação de bilheteria, conquistar maior visibilidade do clube junto à imprensa da capital, além de conquistar um aumento do programa de sócios.

“Estamos muito felizes em receber o Santos no Pacaembu.
 Sem dúvida esta será uma parceria duradoura. Queremos que a torcida santista sinta-se em casa e tenha uma excelente experiência no Pacaembu”, afirmou Eduardo Barella, CEO da Allegra Pacaembu.

Dadas as informações Jornalísticas sobre o fato, vou agora comentar e dar a minha opinião.

Embora o Santos Futebol Clube tenha uma casa, inclusive mencionada em seu próprio Hino: “Sou Alvinegro da Vila Belmiro”, não vejo problema algum de um rodízio de jogos entre a Vila Belmiro e o Pacaembu.
Eu apenas contesto algumas lendas, que querem por força transformar em realidade, e pondero outras situações.

Primeiro de tudo: Utilizem qualquer argumento que quiserem, para tentar justificar trazer o Santos para o Pacaembu! Só não me venham com essa baboseira, de que o Pacaembu é a segunda casa do Santos!
Segunda casa do Santos uma pinoia!
Desde que me entendo por “Gente”, a vida inteira o Pacaembu foi a casa dos Gambás, que pela falta de estrutura, não mandavam seus jogos na “Fazendinha”.
Hoje o Corinthians tem o Itaquerão, mas antes disso, era o Pacaembu a casa do Corinthians!
Portanto tá na hora de parar com essa lenda!

Segundo: É preciso que se estude muito bem, caso a caso, analisando com sensatez, quando privilegiar a renda ao invés do resultado!
Penso que quando o resultado de uma partida, for decisivo e determinante para uma importante classificação da equipe, eu jamais abriria mão da força da Vila Belmiro!
E não pensem que o Presidente do Santos não sabe da força e importância da Vila, porque sabe sim! Tanto sabe, que quando a coisa aperta e o time começa a precisar de pontos, ele volta a recorrer a Vila Belmiro!
Em alguns casos, o Pacaembu pode sim ser considerado “Campo Neutro”, pois ao contrário da Vila Belmiro, a torcida fica longe do Campo, e mesmo com o estádio cheio, não consegue de maneira alguma, exercer a mesma pressão que uma Vila Belmiro lotada, exerce sobre os adversários.

Terceiro e último: Vamos analisar o fator desgaste.
Podemos pegar como exemplo, o próprio clássico contra o Palmeiras.
Todo o desgaste que o Palmeiras teria ao ter que descer a serra, e vir enfrentar o Santos na Vila Belmiro, agora é o Santos quem terá, ao ter ele Santos, que mudar toda a sua logística, de quem só precisaria ficar tranquilamente em Santos, aguardando seu adversário!
Adivinhem se o Técnico Vanderlei Luxemburgo, não está rindo até agora com essa mudança de local do jogo?
Quanto a questão financeira, essa fica para uma análise posterior, pois em 2019, o Santos amargou alguns prejuízos financeiros quando jogou no Pacaembu.

Para finalizar meu comentário, vejo que pelo momento do time, momento em que a própria Diretoria convoca uma reunião com jogadores e Comissão Técnica, e dá um recado claro, que se o futebol apresentado até aqui, não tiver uma melhora considerável, cabeças irão rolar, não era de maneira alguma o momento de se tirar o time da Vila Belmiro, levando um clássico para um campo que pela arquitetura do Estádio, não fará pressão no Palmeiras como já disse que a Vila faria.
Vamos ver se o torcedor Santista que mora na Capital, e que tanto pede que seu time mande mais jogos em São Paulo, corresponde lotando o Pacaembu, e consequentemente, ajude o clube proporcionando belas arrecadações!

Foto: Reprodução/Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.