Últimos Ajustes

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

O Santos volta a campo neste sábado 29, às 16h00, no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho Pacaembu São Paulo, para disputar o clássico contra o Palmeiras, partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Paulista 2020.

A Partida contra o Palmeiras, pode significar um divisor de águas na temporada Santista!
Não é segredo para ninguém, que após o empate com a Ferroviária, pior apresentação do Santos na temporada, houve uma reunião envolvendo a alta Cúpula diretiva do Santos, os membros da Comissão Técnica e Jogadores, reunião tipo (Lavar roupa suja), onde apesar dos Dirigentes não terem estipulado uma rodada ou uma data específica para uma mudança de futebol, postura e atitude, ficou implícito que se não houvesse uma melhora significativa no que foi apresentado até agora, mudanças (Troca de comando), poderiam acontecer! Embora até então, não fosse de conhecimento nem da imprensa, nem da torcida, que no contrato do treinador Jesualdo Ferreira e da Comissão Técnica, houvesse uma cláusula com uma multa contratual, maior do que a multa do ex treinador Jorge Sampaoli.

Portanto, pela própria dificuldade financeira pela qual passa o clube, talvez o Treinador e sua Comissão Técnica ganhem uma sobrevida, mesmo com a continuação da bolinha minúscula que o time vem jogando!
Se algo vai mudar no futebol apresentado dentro de campo, isso só o tempo dirá!
Porém não se pode dizer que fora dele, (Campo), o treinador não esteja tentando alternativas para reverter a situação!

A semana de treinamentos que começou sob muita pressão, parece ter feito o treinador Santista detectar algumas peças que em seu entendimento, não estão conseguindo render o esperado, e por conta disso o Santos poderá ter algumas novidades na escalação já no clássico com o Palmeiras!
Jesualdo pode testar alterações em três posições!
No meio de campo, Diego Pituca pode dar lugar ao meia Jean Mota, no ataque Eduardo Sasha pode dar lugar a Raniel que disputa uma vaga com Yuri Alberto, e Madson pode fazer sua estreia na lateral direita no lugar do Pará

O atacante Raniel que ao lado do lateral direito Madson, foi um dos dois únicos reforços do Santos para a temporada, realizou até aqui: Seis jogos com a camisa do Santos, sendo cinco como titular, e marcou dois gols.
Yuri Alberto, o mais velho e experiente de todos os garotos da base, pode ganhar sua primeira oportunidade para mostrar ao técnico Jesualdo, que pode ser o camisa 9 do ataque Santista, enquanto Madson pode estrear e confirmar o porquê foi contratado para substituir a perda do lateral Vitor Ferraz!
E finalmente com relação a Jean Mota, velho conhecido da torcida, a aposta do treinador é que a qualidade técnica do jogador, possa ser o que falta na armação de jogadas que tem faltado no meio campo Santista.

Embora essas alterações possam ser testadas no clássico com o Palmeiras, no primeiro coletivo realizado ontem quinta-feira, o técnico Jesualdo foi mais econômico e promoveu apenas uma mudança: A entrada do atacante Yuri Alberto, que inclusive vive uma situação curiosa, pois sem uma definição sobre sua renovação de contrato, já pode assinar um pré contrato com qualquer equipe!
No coletivo, a equipe que treinou como titular, foi a campo com: Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Yuri Alberto, Eduardo Sasha e Soteldo.

O zagueiro Luan Peres, escolhido para a coletiva com a imprensa, destacou os trabalhos realizados na semana, visando não só o clássico deste Sábado, mas também a estreia do time na Libertadores.

A Zaga do Santos, que no momento conta com cinco atletas: Lucas Veríssimo, Luan Peres, Luiz Felipe, Wagner Leonardo e Alex, pode estar ganhando em breve, o retorno de seu ”Sexto Elemento”

Ao centro entre os companheiros o Zagueiro Felipe Aguilar

Felipe Aguilar, que sofreu um edema no joelho direito, lesão ocorrida durante a pré-temporada, encontra-se em fase final de recuperação, e inclusive já voltou a trabalhar com bola e vem realizando trabalhos no Santos B para readquirir ritmo de jogo.

Atualizando as informações do Departamento Médico do Santos, o atacante Marinho que sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo, logo na primeira rodada do Paulistão 2020, dia 23 de Janeiro, ainda deve demorar um pouco para iniciar sua transição do CEPRAF para começar a voltar a trabalhar com bola.
Para se ter uma ideia, somente neste último domingo, 30 dias após a fratura, foi que o atacante tirou a bota de proteção que vinha utilizando para consolidar a recuperação da fratura. Vamos lembrar que o diagnóstico inicial, previa um período de recuperação entre quatro a seis semanas. Portanto dentro do cronograma estabelecido pelos Ortopedistas do Santos, ainda faltariam 15 dias para o retorno do jogador!
Apesar de todos os esforços e dedicação do atacante para se recuperar o mais breve possível, Marinho ainda permanece como duvida para os dois primeiros jogos da fase de grupo da Libertadores, no dia 3 de março contra o Defensa y Justicia na Argentina, e no dia 10 contra o Delfín na Vila.

Para finalizar as informações do Peixe, acreditem se quiserem:
Recorde de reprises ao lado de sucessos como:
A Vovózona
Lagoa Azul
As Branquelas
As gêmeas
Esqueceram de Mim
A Rena do nariz vermelho
Homens de Preto
Ben-Hur
Independence Day
A novela “Robinho”, parece estar de volta!
Em breve, melhores detalhes!

Robinho de volta. Será?

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.