Enfim uma decisão acertada

Alô Nação Santista! Saudações Alvinegras!

Ufa! Demorou mas como diz o velho ditado: “Antes tarde do que nunca”

Quem acompanha o meu trabalho como “Comentarista Esportivo”, sabe que não escondo nem nunca escondi, que meu clube de coração, aquele que torço apaixonadamente desde que levado pelas mãos do meu querido pai, pisei pela primeira vez na Vila Belmiro, é o Santos Futebol Clube!
Declaro abertamente meu clube de coração, pois se existe algo que eu sempre soube fazer muito bem, foi separar meu lado Jornalista, do lado torcedor!

Neste caso em especial, vou usar os meus dois lados!
No final do dia de ontem, terça-feira, (10) Dezembro, estourou a notícia quase que simultaneamente, de que ao final do segundo dia de negociações entre a cúpula diretiva do Santos, e o Treinador Jorge Sampaoli, o clima da reunião esquentou bastante, o que fez o treinador desistir de sua permanência e comunicar definitivamente que não fica no Santos para 2020.

O clima foi tão tenso que segundo consta, o treinador teria de dedo em riste, chamado o dirigente santista de mentiroso, durante o encontro em que informação vazada para a imprensa, o treinador teria exigido para permanecer no Santos, a garantia de R$ 100 milhões de investimento para 2020.
Diante da negativa, o técnico chegou a pedir demissão, que não foi aceita pelo clube, a não ser que ele pagasse a multa de R$ 10 milhões prevista até 31 de dezembro deste ano.
Multa que pelo que o Blog Sergio Bertoldi, apurou, não existe mais!

O que existe, e neste momento é um entrave para a saída do treinador, é a multa pertencente ao seu Staff.
Sampaoli pediu para que a multa de R$ 3 milhões, que sua comissão técnica também tem que pagar em caso de desligamento antes de 31 de dezembro de 2020, fosse anulada.
O Presidente Peres consultou o comitê gestor sobre essa possibilidade, que foi de imediato refutada! A decisão em não liberar a multa, foi a gota d’água que transbordou o copo do Argentino, que há muito já não falava literalmente a mesma língua do Presidente!

Jorge Sampaoli não é mais Técnico do Santos Futebol Clube
Publicado em 10 de dezembro de 2019 por Santos FC.
O Santos FC comunica que, na data de 09/12/2019, em reunião realizada pela manhã no CT Rei Pelé, o treinador Jorge Sampaoli pediu demissão do cargo.
Uma vez comunicada a demissão pelo treinador, Jorge Sampaoli, o caso foi entregue aos Departamentos Jurídico e de Recursos Humanos do Clube.
O Santos FC agradece ao treinador Jorge Sampaoli pelo trabalho realizado na temporada de 2019.
Publicado em: Comunicado Marcado como: santos fcNota Oficial

Os amigos que prestigiam o Blog, podem até estranhar, mas desta vez estou com o presidente do Santos!
Acatando recomendações do Conselho Fiscal que rejeitou uma proposta inicial da diretoria executiva, que queria que fosse aprovado um orçamento de R$ 351 milhões, com R$ 171 milhões oriundos da possível venda de jogadores, os Conselheiros do Santos aprovaram a proposta orçamentária para a próxima temporada em R$ 249 milhões.
Portanto o orçamento do Santos terá uma redução de 28% nas despesas para 2020, orçamento que foi aprovado pelos conselheiros.

Grande parte dos torcedores, pouco se importa com os bastidores do clube nem tampouco com a situação financeira, mas tenho esperança de que prestando um pouco de atenção nos motivos que levaram o Cruzeiro para a segunda divisão do futebol Brasileiro, o torcedor Santista se conscientize que essa balela de que “Clube Grande não Cai”, já derrubou muitos que nela acreditavam!

Vamos deixar um pouco o coração de torcedor, de lado, e sejamos mais práticos e objetivos.
Se o Conselho Deliberativo aprovou um orçamente 28% menor para 2020, tentando evitar um caos maior do que o já instalado, caso não saibam, o Santos hoje gasta mensalmente em torno de R$ 8 Milhões a mais do que arrecada, ou seja: Mensalmente, o clube fecha suas contas, negativamente em R$ 8 Milhões, o que resulta ao final de 12 meses, um acumulado de R$ 96 Milhões, algo precisava ser feito!

O Presidente já havia avisado que não faria loucuras para manter o treinador, nem poderia gastar o que gastou em 2019, algo em torno de R$ 90 Milhões, valor investido na formação do elenco!
Baseado nessas indicações, eu penso que a permanência de um treinador caro e top de linha, não se justificaria!
Ora bola! Se o Presidente avisa que não poderá ter gastos que o permitam contratar grandes jogadores, e para equilibrar um pouco as finanças do clube, certamente ainda tenha que se desfazer de alguns atletas que fizeram parte do elenco de 2019, o que justificaria manter um treinador top como é o Jorge Sampaoli?
Jorge Sampaoli é um bom treinador? Claro que é!
Porém não fez nada assim de tão excepcional, que outros treinadores menos badalados e com menos recursos, já não tenham feito no Santos!

Eu estou muito a vontade para neste quesito, parabenizar a atitude sensata do presidente, porque sou um contumaz crítico de suas atitudes a frente da direção do clube!
Confesso que por ser 2020 um ano eleitoral, cheguei a temer que visando uma possível reeleição, ou tentar fazer seu sucessor, o presidente do Santos fosse fazer loucuras!
Não tenho nada contra o treinador Jorge Sampaoli, porém minha preocupação é com o clube que torço!
Nunca achei nem fui partidário, daquela história de que a conquista de títulos justifica qualquer loucura!

Se o Sampaoli quiser continuar no Santos, trabalhando com o material humano que o clube puder lhe oferecer, (Que aliás não é ruim não),Ótimo! Maravilha!
Senão, obrigado por quase nada, e seja feliz onde for!
A verdade é que tirando o fato de ter feito o Santos resgatar suas origens ofensivas, o Sampaoli no Santos foi mais Marketing do que resultados!

Vamos lembrar que o Santos investiu pesado em um treinador e uma comissão técnica cara, e durante 2019, foi:
Desclassificado pelo Corinthians nos pênaltis nas semifinais do Paulistão.
Desclassificado pelo River Plate do Uruguai, na primeira fase da Copa Sul-americana.
Desclassificado pelo Atlético Mineiro nas oitavas de final da Copa do Brasil.
Tendo um vice-campeonato brasileiro, como seu melhor trabalho!

Creio ser algo um tanto frustrante, perante a expectativa criada pela contratação de um treinador com fama internacional.
Resta ao Santos, montar um elenco bom, equilibrado, e uma nova Comissão Técnica compatível com o que o clube possa oferecer de elenco.
Seja lá o que forem decidir, que o façam rápido, pois os rivais já estão bem mais adiantados em termos de planejamento para 2020.
Se fossemos comparar com uma corrida de Formula 1, o Santos já larga dos boxes.

(Crédito: Imagem: Ivan Storti/Santos FC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.